Notícias do setor farmacêutico

Febre maculosa: entenda o ciclo de transmissão e os sintomas da doença

2.165

Três pessoas estão internadas em Belo Horizonte com suspeita de febre maculosa , uma doença que pode matar em até 60% dos casos. Neste domingo (2), a prefeitura da cidade de Contagem confirmou duas mortes – outras duas estão em investigação. As quatro vítimas são da mesma família.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/20/vacina-da-febre-amarela-pode-proteger-contra-virus-da-zika/

Mas quais são as causas da doença? Como ela é transmitida? O G1 traz as principais informações:

O que é a febre maculosa?

É uma doença infecciosa causada por bactérias do gênero Rickettsia. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, duas espécies estão associadas à febre maculosa:

  • Rickettsia rickettsii, mais registrada do norte do Paraná e nos estados da região Sudeste, como Minas Gerais;
  • Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica, que é registrada em áreas silvestres e apresenta sintomas mais leves.

Como ela é transmitida?

A transmissão em seres humanos ocorre por meio da picada do carrapato infectado pela bactéria causadora da doença. Os carrapatos permanecem infectados durante toda a vida, em geral de 18 a 36 meses. Veja o ciclo:Febre

Quais os sinais da febre maculosa?

Como é o tratamento da febre maculosa?

Quanto mais cedo o paciente buscar uma unidade de saúde após a manifestação dos sintomas, maior será a chance de melhoria no quadro. O tratamento é feito com antibióticos específicos e, em alguns casos, a pessoa precisará ser internada. Todo o processo dura cerca de 10 dias.

Fonte: O Globo

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.