Notícias do setor farmacêutico

Venda de cosméticos e produtos de higiene volta a acelerar em farmácias

Maior venda de não-medicamentos pode sinalizar retomada do consumo, diz setor

504

Produtos vendidos por farmácias que sofreram com a crise econômica voltaram a ser mais procurados nas grandes redes.

Não-medicamentos (como itens de higiene e beleza) e suplementos tiveram uma alta nas vendas no início de 2019, segundo a Abrafarma, associação do setor.

Venda de itens como repelentes, cosméticos e produtos de higiene desacelerou durante a recessão – Rubens Cavallari – 9.jan.18/Folhapress

Só a venda de não-medicamentos cresceu 10,5% de janeiro a abril deste ano —nos dois anteriores, houve desaceleração.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/10/segmento-de-perfumaria-e-cosmeticos-deve-crescer-111-no-dia-das-maes/

A alta pode representar uma retomada de consumo pela classe média alta, congelado durante a recessão, diz o diretor-executivo da entidade, Sergio Mena Barreto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Folha de S.Paulo

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })