Parceria entre Procon e Conselho Regional de Farmácia amplia fiscalização

Coordenador do Procon diz que ideia é fiscalizar todos os 230 estabelecimentos da cidade. Até agora, irregularidades apenas com alimentos e bebidas vencidas.

No início do ano, antes da parceria, o Procon já tinha feito uma primeira operação em aproximadamente 30 farmácias da cidade, mas fiscalizou apenas a parte de alimentos, bebidas e perfumaria. Os medicamentos ficaram de fora. Com assinatura do convênio, em maio, e o suporte de profissionais da área, as operações devem ficar completas, avalia o coordenador do Procon de Londrina, Gustavo Richa.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/?hl=pt-br

Com a parceria entre os dois órgãos, inédita no Paraná, a ideia é aprimorar a fiscalização nas farmácias da cidade, com uma checagem completa da situação do estabelecimento, dos medicamentos e de outros produtos comercializados, explica o coordenador do Procon.

Londrina tem cerca de 230 farmácias funcionando, de acordo com o Conselho Regional. A primeira fiscalização já com as equipes das duas instituições foi feita na segunda-feira. Foram visitadas seis farmácias nas avenidas Maringá e Madre Leônia.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/23/oitenta-farmacias-serao-fiscalizadas-em-londrina-ate-junho/

Nesta terça, o trabalho continuou pela Gleba Palhano e em um grande shopping da região sul da cidade. O problema, até agora, segundo Gustavo Richa, têm sido os alimentos e bebidas.

De acordo com o coordenador do Procon, as farmácias de manipulação também serão fiscalizadas.

Fonte: CBN Londrina

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação