Notícias do setor farmacêutico

Anvisa proíbe loção para barba que estimula crescimento de pelos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização da loção para barba Van Beards Minoxidil 8%. A decisão veio depois de a agência constatar falta de registro do produto no país. A medida vale para os lotes fabricados a partir de 17 de abril de 2019.

A loção – que é utilizada para o crescimento de barba, cabelo e sobrancelha – é vendida em lojas online por cerca de R$80.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/?hl=pt-br

De acordo com a descrição da embalagem, o produto é capaz de preencher falhas quando utilizado continuamente, mas os resultados variam de pessoas para pessoa.

Entre os itens da composição, estão manteiga de karité, cera de abelha, óleo de uva, óleo de coco e o minox 8%, um vasodilatador periférico, que tem como principal função estimular o crescimento de pelos.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/06/25/anvisa-aprova-o-primeiro-biossimilar-100-brasileiro-do-hormonio-do-crescimento-humano-2/

O minoxidil é  uma solução tópica, para o tratamento da perda de cabelo (alopecia padrão ou alopecia comum) e para a alopecia androgenética. Nos couro cabeludo, ele estimula a vascularização do couro cabeludo, permitindo uma oxigenação melhor da área e a normalização do ciclo do folículo. Já na região da barba, ele favorece o engrossamento do fio, preenchendo falhas e a tornando mais uniforme.

Fonte: Repórter MT

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação