Censo vai conferir situação vacinal contra febre amarela

Censo – A Secretaria Estadual da Saúde (SES) vai conferir se os moradores das áreas rurais do Rio Grande do Sul estão vacinados contra a febre amarela. A ação, que recebeu o nome de Censo Vacinal, quer evitar que a doença retorne ao Estado. Isso porque já há caso de morte em Santa Catarina por febre amarela silvestre.

Ao Gaúcha Mais, da Rádio Gaúcha, a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica da SES, Tani Ranieri, afirmou ontem que equipes “vão passar, casa por casa, para verificar a carteira de vacinação”. Ela lembra que, no ano passado, o Brasil teve aumento no número de casos silvestres, inclusive com elevação nos índices de morte:

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

– Prevemos que a doença chegue ao Rio Grande do Sul a partir de setembro. Estamos nos antecipando. Por isso, desencadeamos essa estratégia de vacinação.

Moradores de áreas rurais serão os primeiros a receber a imunização por serem considerados os de maior risco, já que a febre amarela silvestre circula nas matas.

Fonte: Zero Hora

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/07/entrega-de-medicamentos-gratuitos-e-critica-no-estado/

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar