Boehringer Ingelheim enfatiza a importância dos parceiros inovadores

Boehringer Ingelheim enfatiza a importância dos parceiros inovadores

A Boehringer Ingelheim, uma das 20 principais farmacêuticas do mundo, usa as tecnologias digitais ao longo de sua cadeia de valor, desde as pesquisas para a descoberta de medicamentos até as soluções de saúde do futuro. Por isso, a colaboração com startups e outros impulsionadores de inovação tem um papel cada vez mais importante na companhia. Prova disso são os mais de 150 projetos cooperativos que estão em andamento somente no campo da pesquisa.

Como incentivo à transformação digital no setor de saúde, a Boehringer Ingelheim tem expandido sua colaboração a parceiros inovadores e aproveitado as possibilidades apresentadas pelas novas tecnologias para aperfeiçoar seu desenvolvimento. “Estamos expandindo consistentemente nossa especialização relacionada às soluções de saúde digital e enfatizando fortes parcerias com empresas emergentes”, afirma Michael Schmelmer, membro do Conselho de Administração da Boehringer Ingelheim. “Assim, combinamos conhecimento digital com a nossa expertise em saúde – sempre com o objetivo de melhorar a saúde humana e animal”.

A área de saúde animal tem um exemplo recente de sucesso. A prevenção de doenças é uma questão fundamental na produção animal, tanto do ponto de vista econômico, para o produtor, quanto do ponto de vista da saúde do consumidor. Trabalhando em parceria com a SoundTalks, startup belga, a Boehringer Ingelheim desenvolveu um novo sistema de monitoramento de áudio para detecção precoce de doenças respiratórias em suínos. Como parte de um programa piloto, o sistema SoundTalks está sendo instalado em granjas selecionadas na Alemanha, nos Estados Unidos e em outros mercados-alvo.

“Durante os testes realizados com o novo sistema de monitoramento, as doenças foram detectadas de 2 a 14 dias mais cedo do que quando monitoradas apenas visualmente por veterinários e suinocultores. Essa colaboração nos permite combinar conhecimento especializado de engenharia de som e desenvolvimento de software com a rede de medicina veterinária e a base estratégica de nossos parceiros”, declara Dries Berckmans, CEO da SoundTalks.

O novo sistema SoundTalks é formado por um microfone digital que registra, durante 24 horas, os ruídos do animal (suínos, no caso). Um algoritmo filtra irregularidades e o programa envia automaticamente um alerta quando uma tosse excede um nível crítico e indica a disseminação de uma doença respiratória, por exemplo. Este sistema fornece aos veterinários e  suinocultores um aviso prévio de possíveis riscos à saúde, para que possam intervir mais cedo.

“O melhor monitoramento contribui para um diagnóstico mais rápido, permitindo-nos agir antes que a doença se espalhe pelo plantel. Poucos casos de doença podem significar redução no uso de antibióticos”, diz o veterinário Gudrun Finger. O sistema de monitoramento de áudio digital ajuda a manter os suínos saudáveis, permitindo que os suinocultores e veterinários trabalhem com mais eficiência.

As colaborações da Boehringer Ingelheim também englobam a área de pesquisa.  Por meio do portal de inovação opnMe.com, lançado pela companhia em 2018, cientistas de todo o mundo podem encomendar moléculas, gratuitamente, para seus projetos de pesquisa. Além disso, novos projetos de pesquisa podem ser iniciados a partir do portal e depois continuados pelos pesquisadores da farmacêutica.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/23/boehringer-ingelheim-cresce-4-em-vendas-liquidas-no-ano-de-2018/

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar