Ministro diz que liberação da maconha abre portas para consumo generalizado

Em audiência que debatia a regulamentação da maconha para fins medicinais no Brasil, o ministro da Cidadania, Osmar Terra , declarou que a liberação do plantio da cannabis deve estimular o “consumo generalizado” de drogas. A audiência, na terça-feira (9), foi na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).

O ministro Osmar Terra avalia que a legalização da maconha, ainda que limitada à finalidade científica e terapêutica, seria difícil de controlar no Brasil. “Se abrir as portas do plantio, vai ter consumo generalizado”, afirmou. “Se não se controla com a proibição, imagina controlar no detalhe? É o começo da legalização da maconha no Brasil.”

De acordo com informações da Agência Senado, a audiência foi convocada por sugestão de representantes da sociedade. A “Sugestão nº 6 de 2016” foi apresentada pela Rede Brasileira de Redução de Danos e Direitos Humanos (Reduc) e o seu relator é o Senador Alessandro Vieira (Cidadania/RS). A sugestão “Propõe um padrão regulamentar abrangente para a maconha medicinal e o cânhamo industrial no Brasil”.

Terra declarou, ainda, que entende a preocupação de “mães carinhosas e preocupadas” com os filhos doentes, para os quais a cannabis pode se apresentar como uma nova alternativa medicinal.

“Elas têm que ter o apoio necessário. Mas eu poderia fazer uma reunião aqui com as mães que perderam os filhos para a droga, que são muito mais numerosas”, comentou. Terra afirma que a violência aumentou nos países do mundo onde houve liberação da maconha.

Em 11 de junho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou duas propostas preliminares que podem liberar o cultivo da planta de Cannabis sativa no Brasil para fins medicinais e científicos, além da produção de medicamentos nacionais com base em derivados da substância. A proposta será submetida a uma consulta pública antes de decisão definitiva. O plantio doméstico de maconha por pessoas físicas e para o consumo recreativo continuará proibido no país.

Fonte: O Globo

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/07/10/governo-pretende-acionar-judicialmente-a-anvisa-contra-projeto-de-liberacao-do-plantio-da-maconha-para-pesquisa/

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar