Notícias do setor farmacêutico

O que tomar sol e a vitamina D têm a ver com o diabetes?

E a pergunta veio de um leitor do interior paulista, diabético, que ouviu do médico que ele precisava caprichar mais no sol porque seus níveis de vitamina D, ai, ai… A tal da vitamina D, ficou esse senhor sabendo, está cada vez mais enrolada quando o assunto é diabetes. Bem, quem sou eu para tirar da cabeça a resposta para uma dúvida que realmente é importante?  Aliás, como todas quando o assunto é a nossa saúde. Se eu pudesse tirar da cartola o que penso sobre vitamina D…

Ainda bem que, na busca por informação confiável, liguei para quem realmente poderia dar uma resposta com aval da ciência, o endocrinologista Carlos Eduardo Barra Couri, da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto. E ele — que sorte! — tirou da minha boca o que eu gostaria mesmo de falar. “Olha, Lúcia, a vitamina D anda feito remédio do homem da cobra, não sabe?” Pois é assim: mineiro, considerado um dos principais pesquisadores do diabetes no país, investigando o seu tratamento com células-tronco, doutor Couri sempre fala de ciência como quem proseia bebericando um café.

“Nas pequenas cidades do interior do país, sempre surge um gaiato com um tabuleiro cheio de garrafas, dizendo que o líquido é remédio para artrite, enxaqueca, hemorroida, ferida, dor de estômago e, se duvidar, diabetes”, continua. “Ah, sim, muitas vezes o sujeito, personagem quase folclórico nas praças, termina seu número de marketing tirando uma cobra. E com a vitamina D está acontecendo quase isso”, diz ele.

De fato, não param de surgir trabalhos dizendo que sua falta tem a ver com doença cardíaca, obesidade, câncer, depressão…. De tanto ler a respeito, já tive vontade de pingar vitamina D até na água do banho! Diabetes? Se você olhar hoje mesmo, são mais de 5,7 mil estudos científicos listados no PubMed, a biblioteca americana. Mas nada, até o momento, de muito conclusivo. Por isso é importante demais, sim, esclarecer esse assunto.

Para começo de conversa, o doutor Couri me lembra: “Ora, não é de hoje que a gente sabe que pessoas com obesidade produzem menos vitamina D. E como a maioria dos diabéticos tipo 2 está acima do peso, é natural que eles tenham níveis abaixo do recomendado dessa vitamina.” Daí a dizer que ela causa o problema…

Fonte: UOL

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/06/28/sem-mudanca-de-habitos-diabetes-pode-tornar-se-um-problema-de-proporcoes-gigantescas-no-mundo/

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação