5 exageros nos cuidados com a pele que podem arruinar sua beleza

beleza

Tudo em excesso faz mal. Se você já ouviu isso antes, saiba que o ditado popular também se aplica quando falamos de cuidados com a pele. Isso significa que lavar o rosto diversas vezes ao dia não vai diminuir a oleosidade ou usar muitos cremes rejuvenescedores não vai acelerar os resultados e, na realidade, tudo isso pode “sobrecarregar” a sua beleza.

Para saber como usar determinados produtos que focam nos cuidados com a pele  , o Delas conversou com dermatologistas, que indicam os cinco principais exageros; confira:

1. Lavar o rosto em excesso

Muitas pessoas, principalmente com pele oleosa, abusam da limpeza facial com o objetivo de reduzir o brilho no rosto. Porém, de acordo com a dermatologista Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o ideal é lavar o rosto apenas de manhã e à noite.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/03/uso-incorreto-da-pilula-do-dia-seguinte-pode-causar-danos-a-mulher-infonet-o-que-e-noticia-em-sergipe/

“O excesso de lavagem, mais do que duas por dia, pode alterar a barreira de proteção da pele, gerar tanto ressecamento quanto o aumento da produção de oleosidade, além de poder causar uma dermatite de contato”, diz. Esse aumento da oleosidade é o chamado  “efeito rebote” .

2. Esfoliar demais a pele

Outro hábito que pode causar esse “efeito rebote” é a frequência com que se deve esfoliar o rosto, que depende do tipo de pele. “Os intervalos precisam ser respeitados para que não irrite a pele, nem estimule a oleosidade, levando a abertura de poros”, explica a dermatologista Claudia Marçal, membro da SBD e da Academia Americana de Dermatologia (AAD).

A médica ainda explica que os esfoliantes faciais devem ser aplicados com massagens suaves na pele e, dê preferência, à noite, após a limpeza.

“Para não ter mais erro: peles secas, devem ser esfoliadas de uma a duas vezes por semana e peles levemente acneicas e oleosa podem ser esfoliadas até três vezes por semana e, logo depois, aplique uma loção tônica adstringente com efeito anti-inflamatório e complementar com hidratantes aquosos e serosos”, indica a profissional.

3. Usar muitos produtos em sequência

Apesar de serem necessários, um creme em cima do outro não vai fazer milagres para a sua pele. “Rotinas de beleza que incluem muitos produtos podem causar problemas, como a dificuldade de penetração de um ingrediente e o fechamento dos poros”, explica Jardis.

Além disso, ao usar muitos produtos de maneira aleatória, há uma grande chance de cair em um erro de incompatibilidade química, no qual o cosmético poderá ter efeito reduzido e ainda causar ressecamento ou dermatites.

“Por exemplo, existe uma preocupação de misturar o medicamentos antiacne com o retinol, porque o peróxido de benzoíla é um potente oxidante e o ácido retinoico sofre oxidação, tornando-se inativo”, afirma farmacêutico Lucas Portilho, pesquisador em Cosmetologia e diretor da Consulfarma. Por isso, é essencial consultar um especialista.

4. Usar um produto “qualquer”

É comum pedir indicações de cuidados para as amigas, mas isso não quer dizer que algo que foi bom para ela, será para você . “Incluir na rotina um produto skincare que serviu na pele da amiga sem consultar o seu dermatologista é um exagero que pode alterar o equilíbrio do Ph e da microbiota da pele”, afirma Jardis.

Claudia completa que, no geral, os produtos são indicados de acordo com o tipo de pele e usar um creme para pele seca se você tem pele oleosa, por exemplo pode aumentar ainda mais essa oleosidade ou, ao contrário disso, deixá-la muito ressecada.

5. Lixar os pés

É importante esfoliar os pés, mas sem usar a lixa. “Quanto mais agressiva for a esfoliação, maior será o efeito rebote produzido pela pele”, diz Claudia. Isso significa que lixar os pés para remover células mortas ou tentando  deixá-los macios , só vai deixar sola mais grossa.

Assim, a recomendação de cuidados com a pele dos pés é usar esfoliantes à base de cremes ou com microesfera em óleos. “Podemos usar sal grosso, numa emulsão com óleos naturais, ou uma mistura de açúcar com mel. A esfoliação deve ser feita em movimentos circulares e na região do dorso e planta dos pés e, depois, use um bom creme hidratante”, finaliza a médica.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: Urgente News

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação