Notícias do setor farmacêutico

Polícia Federal apreende pílula do câncer falsificada

pílula do câncer

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (04) a Operação Placebo, que visa desarticular uma organização criminosa. Segundo a PF, o grupo produz e comercializa ilegalmente um produto à base de fosfoetanolamina, conhecido como “pílula do câncer”.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Curitiba, expedidos pela 13ª Vara Federal. A investigação teve início a partir de denúncia recebida pela Polícia Federal.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/07/22/morre-pesquisador-que-desenvolveu-a-pilula-do-cancer/

Uma perícia realizada no medicamento, no curso da investigação, não constatou a presença da substância fosfoetanolamina. A “pílula do câncer” é usada para fins terapêuticos, mas não possui registro nos órgãos competentes. Segundo a PF, a venda é proibida em território nacional.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: CBN Curitiba

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. AceitarConsulte mais informação