Notícias do setor farmacêutico

Biomédicos criam espécie de marcapasso para tratar hipertensão

hipertensão

Pessoas que sofrem com pressão alta podem contar com mais uma ajuda no futuro, segundo uma criação da empresa Orchestra BioMed, da Pensilvânia. Os biomédicos da companhia criaram um dispositivo implantável gerador de pulso, que funciona como um marcapasso, capaz de oferecer uma terapia cardíaca de neuromodulação para o tratamento da hipertensão, chamado Backbeat.

A condição clínica costuma ser tratada com medicação, mas a novidade permite que implantes cardíacos façam o mesmo trabalho, mas de uma nova maneira, fazendo apenas a modulação de sinais eletrônicos associados ao controle da pressão arterial.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/08/26/pilula-que-combina-medicamentos-pode-reduzir-risco-de-acidente-cardiovascular/

Em experimento na Europa, o BackBeat conseguiu reduzir a pressão arterial sistólica, o maior valor verificado na medição [o 120 de 120/80 mmHg (ou 12/18), por exemplo], em cerca de 23 mmHg após acompanhamento de dois anos.

Com o sucesso dos testes, os profissionais que desenvolveram o dispositivo acreditam que, futuramente, a medida vai ser crucial para o tratamento de mais de um terço de pacientes que já usam marcapasso e que correm risco por hipertensão, ou pacientes que possuem um nível grave da condição. Em breve, novos estudos devem ser divulgados pela BioMed.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: Canaltech

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. AceitarConsulte mais informação