Notícias do setor farmacêutico

Trump corteja idosos com decreto para impulsionar programa de saúde Medicare

Trump
Trump mostra decreto que assinou sobre Medicare em The Villages 03/10/2019 REUTERS/Kevin Lamarque Foto: Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cortejou idosos nesta quinta-feira com um decreto presidencial com objetivo de fortalecer o programa de saúde Medicare ao reduzir regulações, coibir fraudes e fornecer acesso mais rápido para novos aparelhos e terapias médicas.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/?hl=pt-br

O decreto, que Trump discutiu durante uma visita a uma comunidade de repouso na Flórida conhecida como Villages, é a resposta do presidente republicano a alguns democratas que buscam uma expansão ampla e custosa do Medicare para todos os norte-americanos.

Trump se referiu a tais propostas como socialistas e prometeu impedir que chegassem a render frutos, uma promessa política de olho em sua campanha de reeleição para 2020, na qual assistência à saúde provavelmente será uma questão importante.

“Eles querem invadir o Medicare para financiar uma coisa chamada socialismo”, disse Trump a um público entusiasmado na Flórida, um Estado crítico para seu objetivo de se manter na Casa Branca.

O decreto presidencial segue medidas de seu governo apresentadas nos meses recentes para reduzir preços de medicamentos e corrigir outros problemas no sistema de saúde dos EUA. Especialistas afirmam que estes esforços possuem pouca probabilidade de desacelerar a tendência de aumento de preços de maneira significativa.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/09/13/alivio-sobre-disputa-eua-china-anima-e-ibovespa-retoma-104-mil-pontos/

Trump sugeriu que companhias farmacêuticas estão apoiando esforços para o impeachment em Washington, como uma maneira de sabotar seus esforços para tornar medicamentos prescritos mais baratos.

Fonte: Terra

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação