Notícias do setor farmacêutico

HempMeds fecha parceria com Dr. Cannabis

Subsidiária da americana Medical Marijuana Inc., primeira empresa de Cannabis medicinal a abrir o capital nos EUA, a HempMeds Brasil vai expandir o serviço de atendimento aos pacientes no país. Para agilizar o processo, a empresa fechou parceria com o Dr. Cannabis, market place de interface, que também aproxima o médico do paciente.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/?hl=pt-br

“A demanda de pedidos aumentou muito. Não estamos dando conta ”, diz Carolina Heinz, vice-presidente da HempMeds Brasil. “No mês passado fizemos 300 novos pedidos de importação.” Desde 2015, a empresa atendeu 3.500 pacientes – o que dá uma média de 62,5 pacientes ao mês. “Temos apenas 10 funcionários. cada atendimento a paciente leva de uma a duas horas e o trabalho com um médico novo, um mês.”

Com a parceria, o número de medicamentos na prateleira do Dr Cannabis, quase dobra, chegando a 43 rótulos, com preço médio de R$ 1.500. Nenhuma das duas empresa falam sobre os valores da negociação.

A Dr Cannabis divulgou que terá a exclusividade nas venda dos produtos da HempMeds. Aos poucos a plataforma começa a se posicionar como uma farmácia virtual segmentada.

Hoje, para comprar um medicamento de canabidiol, o paciente precisa ter uma prescrição médica e ainda conseguir uma autorização da Anvisa para importá-lo.Sabe-se que um dos grande gargalos é falta de médicos especializados. Tanto a HempMeds Brasil como o Dr. Cannabis possuem médicos cadastrados nos respectivos sites.  Ao se inscrever no site, o paciente encontra uma lista de médicos que pode consultar.

“A Dr Cannabis ajuda muito na burocracia. Na plataforma reunimos de maneira fácil todas as guias que o médico precisa preencher” diz Viviane Sedola, CEO da plataforma. “A Anvisa demora cerca de 60 dias para dar o resultado sobre a importação. Se a papelada chegar errada, vai demorar muito mais.” A Dr Cannabis assegura, segundo Sedola, que a documentação seja entregue com todas as informações e no formato exigido pela Anvisa.

Fonte: Folha de S.Paulo

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação