Notícias do setor farmacêutico

Tabela do SUS não é reajustada há mais de 20 anos

A deputada Carmen Zanotto (Cidadania) participou de um evento nacional em que foi palestrante, quando salientou que a tabela SUS, utilizada para remunerar médicos e serviços da saúde pública e suplementar, há mais de 20 anos não é reajustada, o que contribui para a redução do acesso, e que é preciso retomar o desenvolvimento e crescimento do País, garantindo o retorno ao mercado de trabalho dos mais de 13 milhões de desempregados que, sem plano de saúde, migraram para o SUS.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/?hl=pt-br

Mencionou as necessidades de reformas, como a tributária, e chamou a atenção para o fato de que a reforma da previdência é importante, mas não é a solução de todos os problemas. Em relação ao orçamento para o próximo ano, a deputada frisou o risco de os investimentos para a saúde ficarem abaixo do piso mínimo constitucional de R$ 121 bi, em função das chamadas emendas parlamentares que deverão consumir cerca de 7% (R$ 8,1 bi) dos R$ 122,9 bilhões reservados ao setor no projeto orçamentário para 2020.

]Também participaram do debate Pedro Benedito Batista Junior – Head de expansão da Prevent Senior, Erno Harzheim, secretário de Atenção Primária à Saúde (SAPS) do Ministério da Saúde, Pedro Bernardo – presidente-executivo da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma).

Fonte: Correio Lageano

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação