Notícias do setor farmacêutico

11 formas de resolver a queda nas vendas, faturamento e lucro

vendas

 

Nem só de bons momentos uma empresa vive. A queda nas vendas, por
exemplo, é quase inevitável em alguns momentos para todos os tipos de
negócio, mas ela jamais pode ser recorrente.

O melhor caminho nessas situações é se concentrar em responder duas
questões fundamentais. A primeira é identificar as razões do problema: o
que fez com que as minhas vendas caíssem? Já a segunda é busca por
soluções: o que preciso fazer para voltar a vender bem e aumentar o
faturamento?

Encontrar as respostas para essas perguntas com certeza vai ajudar sua
empresa a voltar ao caminho do sucesso. Você conseguirá, então
descobrir formas de como aumentar os lucros e se manterá atento a
novos problemas que possam surgir.

Se a sua empresa está com queda nas vendas e números de faturamento e
lucro mais baixos a cada mês, encontrar soluções o mais rápido possível é
fundamental. Confira a nossa lista com algumas formas de resolver esses
problemas.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/09/26/aspen-adquire-a-linhade-magnesia-bisuradada-pfizer/

Use a comunicação com os clientes para resolver a queda nas vendas

Uma boa opção para evitar a queda nas vendas é investir na retenção dos
clientes que já compram de você. Para isso, nada melhor do que realizar
investimentos em comunicação com esse grupo de consumidores.

Ainda mais importante do que o contato com eles nos períodos em que as
vendas estão em baixa ou que você identificou que ele ficou algum tempo
sem comprar é manter uma comunicação recorrente com seus clientes.
Isso certamente irá funcionar como um trabalho de prevenção na perda
de clientes. Já que é muito mais fácil você mantê-lo comprando do que
resgatá-lo depois de um período de inatividade

Outro ponto a favor dos investimentos em comunicação com a sua base
de clientes são as mudanças em relação ao comportamento do
consumidor. É uma tendência que os compradores sejam cada vez menos
fiéis a uma determinada marca. Devido a isso, o esforço das empresas
segue ainda maior para demonstrar que a sua loja é a melhor opção para
que os consumidores façam as compras deles sempre que preciso.

Nesse cenário de mercado, nada melhor do que uma comunicação ativa e
recorrente para manter os consumidores comprando de você. Essa
estratégia de retenção e fidelização é um trabalho que exige tempo e
bastante estratégia para que os resultados desejados sejam atingidos.

Agora confira a nossa lista com as demais maneiras de resolver essa
situação no seu negócio.

1 – Identifique o problema

Identificar o problema e, principalmente, a sua causa é o primeiro passo
para resolver a situação. E como fazer isso? Você pode fazer uma análise
das suas vendas nos últimos meses, buscar observar se existe alguma
razão para isso que ainda não tinha sido identificada, ou um fator que fuja
do seu controle, como a sazonalidade.

É bem importante fazer gestão de clientes, assim você consegue
identificar, por exemplo, que possui uma quantidade grande de clientes
que compraram em algum momento, mas não voltaram mais na loja.
Outro fator de muita importância e que não pode ser esquecido é a
mensuração de campanhas. Caso você não faça isso não terá como saber
se sua comunicação com os clientes é efetiva. Uma falha nessa questão
pode fazer com que sua empresa gaste dinheiro com algo que não traz
resultados efetivos para o negócio.

2 – Evite ruptura de gôndola

Não existe nada pior para quem vai até uma loja comprar algo que precisa
do que chegar lá para e não encontrar o que buscava. Esse tipo de
situação deve ser evitada SEMPRE.

Se um cliente vai até a sua loja comprar o que queria e ao chegar lá
encontra prateleiras vazias (sem um determinado produto ou marca),
provavelmente ele vai comprar o que precisava na concorrência. Na pior
das hipóteses, uma situação dessas pode fazer com que você perca
definitivamente aquele consumidor.

3 – Seus preços podem resultar em queda nas vendas

É claro que aumentar o lucro é um desejo recorrente, até porque isso
contribui para o crescimento da empresa. Porém, um lucro maior não
pode vir de qualquer jeito. Muito menos sacrificando a sua clientela para
isso. É por isso que simplesmente aumentar os preços não é a melhor
opção.

Preços muito altos tendem a afastar o consumidor, o que
consequentemente vai ocasionar a queda nas vendas e no faturamento.
Isso só vai te deixar mais longe de aumentar o lucro.

4 – Cuide com promoções que causem prejuízos

Promoções são uma ótima forma de atrair clientes e de mantê-los fiéis à
sua loja. Quanto a isso não restam dúvidas. Mas nunca se esqueça que
essas promoções precisam ser bem pensadas com sua equipe comercial.
Em muitos casos você trabalha com a sua margem nos produtos para
oferecer uma promoção aos clientes. Por mais que seja uma prática muito
efetiva você precisa ser cauteloso para essas promoções não serem
prejudiciais para o seu negócio. Nesse caso, considere trabalhar com
preço 1 preço 2.

5 – Fique de olho na concorrência

Sempre se mantenha atualizado sobre o que seus concorrentes têm feito.
É bem válido fazer um benchmarking da concorrência a cada três meses.
Mesmo que vocês estejam no mesmo segmento, as estratégias adotadas
por eles podem ser diferentes das suas. Essa distinção pode ser o que tem
feito os clientes optarem por comprar lá.

6 – Considere criar um clube de benefícios

Criar um clube de benefícios é uma excelente forma de aumentar o
faturamento e as vendas. Muito por que você passa a conhecer seus
clientes e saber o que eles realmente querem comprar. Assim, consegue
oferecer os produtos certos e tá lá: mais vendas!

Existem certos mitos a respeito do clube de desconto. Um deles é a ideia
de que o lucro da empresa será menor. Mas isso não é verdade, pois nessa
estratégia existirão dois preços, um para quem é cadastrado no clube e o
outro para quem não é. Então, manda a ver!

7 – Invista em ações de fidelização

Fidelizar os clientes deve ser um dos seus principais objetivos! Isso por
que os clientes fiéis são os mais rentáveis para o seu negócio. Para
fidelizar seus consumidores é preciso aproximar o relacionamento com
quem compra com você gradativamente. Para isso é muito importante
realizar campanhas segmentadas.

Essas ações segmentadas ajudam tanto a aproximar o seu relacionamento
como para estimular as vendas. Um exemplo de ação de relacionamento
pode ser por meio do envio de uma SMS com os parabéns no dia do
aniversário do cliente. Para estimular as vendas, no início do mês você
pode enviar ofertas especiais para os clientes ativos. Outra opção é
incentivar os clientes inativos a voltarem a comprar.

8 – Mostre que seu cliente é especial

Para você mostrar ao seu cliente que ele é especial, uma boa opção é
seguir a ideia do tópico anterior. Campanhas personalizadas são muito
efetivas nessa questão, pois se você oferece para o cliente o que ele já
tem costume de comprar, as chances dele criar uma relação com a sua
empresa são grandes. Se você oferece uma promoção de um produto que
ele gosta, além de comprar ele verá ainda mais valor na sua empresa.

Para isso ser possível, é necessário ter os dados do cliente de alguma
forma. Com os dados em mãos fica muito mais fácil de criar ações
especiais para ele, seja de relacionamento ou realmente para estimular a
compra.

9 – Seja o ninja das análises de dados

Entender as razões para a queda das vendas, do faturamento e do lucro é
muito importante, mas existe uma análise de grande relevância que
muitas vezes é ignorada.

Mensurar os dados das ações que sua empresa faz é extremamente
necessário. Só essa análise é capaz de mostrar para você o que realmente
tem dado certo e o que contribuiu para melhorar os resultados. Além
disso, também vai te apresentar o que está errado e precisa ser corrigido
para que seu faturamento volte a subir.

10 – Invista no seu layout de loja

Em muitos casos o problema está ainda mais próximo do que imaginamos.
Pode parecer algo simples, mas investir no seu ponto de venda pode
melhorar muito os resultados. É importante lembrar que para realizar
esses investimentos é preciso pensar no consumidor e o que pode tornar
a compra dele mais rápida, fácil e até mesmo mais prazerosa.

Quando se fala em aumentar as vendas no PDV, o trade marketing
aparece como uma das principais alternativas. A criação de ações em
parceria com a indústria pode melhorar tanto as suas vendas como o
desempenho do seu time comercial. Outra opção é uma melhor
organização do seu espaço físico. Produtos bem distribuídos nas gondolas,
por meio da criação de um planograma, aliado com uma boa comunicação
visual, certamente podem impulsionar suas vendas.

11 – Fique atento às novidades do mercado

varejo é um segmento que está em constante evolução. Novas
tecnologias, metodologias e estratégias surgem constantemente para
vários setores das lojas. Cabe ao varejista conhecer cada uma delas e
analisar quais podem trazer resultados efetivos para sua loja. Algumas
podem trazer resultados imediatos e outras demandam mais tempo.

Mesmo assim, muitas soluções voltadas ao melhor gerenciamento das
lojas de varejo e também do relacionamento com os consumidores são
cada vez mais comuns. Certamente em pouco tempo essas ferramentas
serão cada vez mais comuns em todo o mercado. Algumas delas se
encaixam em questões que já comentamos nessa lista.

Quando se trata de aumentar as vendas as táticas são variadas, mas
seguramente as que podem trazer melhores resultados são as que tem
foco no consumidor. Perceba que muitas das soluções têm relação com
melhorar a experiência do cliente ao comprar com você. Essas são
questões muito importantes para a sua empresa e merecem ter grande
atenção a partir de agora. Portanto, comece a focar mais no que ajudará a
melhorar o relacionamento com quem compra na sua loja. Você pode
melhorar seus resultados o quanto antes.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: Portal Gestão de Clientes

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação