Notícias do setor farmacêutico

Brasil movimentou mais de R$ 10 bi em Bitcoin

Segundo informações publicadas pelo site Cointrader Monitor, em 2019 o Brasil ultrapassou a marca de R$ 10 bilhões de negociações em Bitcoin. É a primeira vez que a marca é ultrapassada, o recorde anterior era de R$ 8 bilhões, em 2017, ano em que a criptomoedas teve sua maior popularidade e valor de mercado (U$ 20.000).

As exchanges brasileiras declararam ter movimentado mais 301,390.78 Bitcoins até o momento. Se a Se a média for mantida, ao final do ano as exchanges nacionais terão movimentado pouco mais de 400.000 Bitcoins, um recorde para o cenário de criptomoedas no Brasil.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/09/12/o-novo-site-de-recuperacao-de-dependencias-do-google-e-mais-util-do-que-uma-pesquisa-no-google/

Para João Canhada, CEO da Foxbit, uma das maiores exchanges de criptomoedas do Brasil, o país segue como o maior mercado de criptomoedas da América Latina, com mais de 2.5 bilhões de dólares negociados em 2019, “Apesar de estar longe dos olhares das altas de 2017, o bitcoin segue chamando atenção de entusiastas e curiosos, consolidando-se como possível diversificação frente a diversos ativos tradicionais”, revela.

Além disso, Canhada acredita que entre 2020 e 2021, o halving (diminuição da inflação controlada do bitcoin pela metade a cada 4 anos) vai atrair novamente os olhares do grande público. “Existe um grande potencial de valorização e o fato da evolução do cenário regulatório do setor, nos deixa pronto para uma nova corrida do ouro. Estes números deixam claro estamos no caminho certo.” analisa o CEO.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: Novo momento

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação