Notícias do setor farmacêutico

Ibovespa retoma 101 mil pontos com expectativas em EUA-China

271
Ibovespa
Bolsa de Valores de São Paulo 04/08/2011 REUTERS/Nacho Doce Foto: Reuters

Após duas quedas, o Ibovespa retomou o viés positivo nesta quarta-feira, diante da melhora da perspectiva para negociações entre EUA e China.

O Ibovespa subiu 1,27%, a 101.248,78 pontos. O volume financeiro da sessão somou 12,65 bilhões de reais.

Enquanto as bolsas de Brasil e Estados Unidos fechavam, porém, novas notícias voltavam a dar um tom pessimista para o andamento das conversas sino-americanas. Surpresa com a decisão do governo dos EUA de incluir companhias chinesas em lista de restrições de comércio, Pequim reduziu expectativas em relação a progresso significativo nas negociações esta semana.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/?hl=pt-br

Mais cedo, a notícia de que China ainda estava aberta a fechar um acordo comercial parcial com os EUA foi o que prevaleceu até o fechamento. Em Wall Street, o S&P 500 avançou 0,91%.

Autoridades de alto escalão dos dois países devem se reunir na quinta-feira para novas conversas.

A sessão também foi marcada pela divulgação da ata da última reunião do Fomc, que mostrou que a maioria das autoridades do Federal Reserve defendeu a necessidade de cortar os juros em setembro, mas estão cada vez mais divididas sobre a trajetória futura da política monetária.

No plano doméstico, repercutiu positivamente a aprovação pelos ministros do Tribunal de Contas da União das regras do leilão de áreas petrolíferas do excedente da região conhecida como cessão onerosa, previsto para 6 de novembro.

“Com isso, destrava-se o andamento da reforma da Previdência no Senado, que deve ser concluída no dia 22”, afirmou a Ativa Investimentos.

IPCA de setembro caiu 0,04%, primeira deflação em 10 meses e o resultado mais fraco no mês em 21 anos e indo abaixo de 3% no acumulado em 12 meses, enquanto o Banco Central indica manterá trajetória de redução de juros.

Economistas do UBS revisaram a projeção para a taxa básica de juros no final de 2019 de 4,75% para 4,5% após o IPCA em setembro.

DESTAQUES

– PETROBRAS PN avançou 1,92%, após acordo sobre o leilão da cessão onerosa. PETROBRAS ON ganhou 2,52%. O Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP) apontou que a Petrobras deve receber cerca de 120 bilhões de reais por investimentos feitos em áreas de exploração de petróleo que irão a leilão neste ano, segundo o jornal O Estado de S.Paulo.

– GOL PN subiu 3,12%, após divulgar na véspera previsões de desempenho do terceiro trimestre, inclusive a de que sua margem Ebitda deve ficar entre 29% e 31%. A Gol também previu que alta de cerca de 20% da receita unitária de passageiro. A rival AZUL perdeu 1,39%.

– SANTANDER BRASIL UNIT subiu 3,3%, após o banco ter estimado rentabilidade média sobre o patrimônio de cerca de 21% até 2022. BRADESCO ganhou 2,85%, BANCO DO BRASIL valorizou-se 2,77%, ITAÚ UNIBANCO avançou 1,59% e BTG PACTUAL teve alta de 1,36%.

– MAGAZINE LUIZA ON avançou 4,34%. B2W ON ganhou 3,82% e VIA VAREJO ON perdeu 1,68%.

– VALE ON subiu 0,77%. Siderúrgicas recuaram: USIMINAS caiu 0,68% e GERDAU PN perdeu 0,24%. CSN ON fechou estável.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/10/08/hempmeds-fecha-parceria-com-dr-cannabis/

– JBS ON recuou 3,92%, após senadores dos EUA terem pedido na véspera abertura de investigação sobre compras feitas pela companhia no país devido ao envolvimento com casos de corrupção no Brasil e na Venezuela. A JBS afirmou que cooperou com as autoridades americanas.

– BRF ON cedeu 1,64%. O jornal Valor Econômico afirmou que a Arábia Saudita restringiu drasticamente a compra de alimentos de fábrica da empresa em Abu Dhabi e que a instalação passa por auditoria para atestar o valor agregado na produção local. O Itaú BBA estima um impacto inferior a 1% nas receitas consolidadas da companhia (Reuters, 9/10/19)

Fonte: Brasil Agro

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.