Notícias do setor farmacêutico

Dono de farmácia clandestina de Mimoso do Sul é preso em Itapemirim

492

Nessa quinta-feira (10), a Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Guarapari, com apoio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa, identificou quatro suspeitos de comandarem o tráfico de drogas no bairro Boa Vista, em Vila Velha. As investigações iniciaram no dia 30 de novembro do ano passado, após denúncia anônima e recolhimento de provas testemunhais. Na ocasião, a Denarc apreendeu uma grande quantidade de drogas e o imóvel, utilizado para estoque do material ilícito, no bairro Recanto da Sereia, em Guarapari.

Segundo o titular da Deic Guarapari, delegado Guilherme Eugênio, após a denúncia, a delegacia se dirigiu até o imóvel e apreendeu 2.873 pinos grandes de cocaína, quase 1.5 quilos dessa mesma substância ainda pendente de envasamento, milhares de pinos plásticos destinados ao envase de cocaína e quase um quilo de “crack” ainda em estado bruto.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/09/10/populacao-se-divide-com-respeito-a-liberacao-de-medicamentos-a-base-de-maconha-aponta-pesquisa/

Dentro do imóvel, a equipe encontrou os irmãos F.J.S., de 50 anos, e E.J.S., de 47 anos. “O irmão mais velho nos contou que trabalhava como “carroceiro” e recebia R$ 300,00 por mês para “tomar conta do imóvel” e das drogas ali escondidas, sendo o responsável pelos bens um desconhecido. Ele alegou ainda que seu irmão, de 47 anos, é deficiente físico e não atuava na guarda dos materiais”, informou Eugênio.

F.J.S. foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e o irmão foi liberado. Após investigações, foi descoberto que, ao contrário do que dizia o detido, o imóvel era de seu irmão E.J.S., de 54 anos, e que era utilizado para guardar a droga que seu filho, B.S.S., de 27 anos, traficava. “Todos os quatro envolvidos na investigação comandam ou já comandaram o tráfico na região entre uma Universidade e um shopping no bairro Boa Vista, em Vila Velha. Atualmente, o jovem é o envolvido que mais ostensivamente está comandando os negócios com o apoio de seu pai e de seus dois tios”, explicou.

De acordo com o delegado, nessa quinta-feira (10) as equipes da Denarc Guarapari e da DHPP Vila Velha foram cumprir mandados de prisão preventiva em face de B.S.S., E.J.S. e E.J.S. Quando chegaram às casas dos suspeitos nenhum deles foi encontrado e foi dito por seus familiares que eles se mudaram. “Os quatro suspeitos não tinham antecedentes criminais por crime de tráfico de drogas, uma vez que, por serem os comandantes do crime e não portarem as drogas, nunca foram detidos pelo tráfico. No entanto, três deles possuem antessentes por porte de armas e homicídios, crimes acessórios ao tráfico”, complementou.

O delegado solicita à quem tenha alguma informação a respeito do paradeiro dos três procurados que entre em contato com a Polícia Civil (PCES) através do Disque Denúncia 181. O anonimato é garantido.

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: FA Notícias

 

 

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })