Notícias do setor farmacêutico

UPS cria unidade de logística de saúde

UPS CRIA UNIDADE DE LOGÍSTICA DE SAÚDEComo parte da contínua transformação dos negócios da empresa, a UPS (NYSE: UPS), acaba de criar a unidade UPS Healthcare and Life Sciences (HCLS), dedicada à logística de Saúde e Ciências da Vida, que reúne as operações globais de 114 instalações de atendimento do setor de Saúde com as empresas Marken e Polar Speed, adquiridas pela UPS. A empresa também está lançando o UPS Premier, um novo portfólio de soluções tecnológicas IoT (Internet das Coisas) que aprimora o monitoramento e dá maior visibilidade na cadeia logística, oferece opções de rastreamento e gerenciamento para remessas críticas do setor da Saúde. Todas as operações para essa indústria estarão reunidas sob um sistema inovador de gerenciamento e certificação da qualidade com o objetivo de atender aos altos padrões operacionais e simplificar a verificação do desempenho dessa indústria.

O novo serviço UPS Premier fornecerá níveis diferenciados de serviço para clientes do setor da Saúde, aproveitando os recursos de rastreamento de pacotes da Rede Global de Logística Inteligente da UPS. Sensores de última geração acoplados às embalagens vão permitir fluxos prioritários, classificação de itens, ações de contingência e serviços de entrega para remessas críticas.  Os clientes contarão com os serviços mais abrangentes de manuseio prioritário da UPS para a cadeia de custódia de mercadorias que necessitam de controle de temperatura e são sensíveis ao tempo de trânsito, aumentando a confiabilidade no processo logístico.

“Estamos oferecendo aos clientes uma excepcional visibilidade e segurança para os embarques mais críticos do setor da Saúde e Ciências da Vida”, diz David Abney, presidente e CEO da UPS. “Com essas novas tecnologias e processos, teremos maior flexibilidade para proteger a carga ao longo da ‘cadeia de custódia’, fornecer soluções de contingência e garantir a melhor confiabilidade de serviço da categoria”.

Essa solução, que será lançada no primeiro semestre de 2020, é parte de um esforço amplo da UPS para modernizar a rede de instalações com sistemas inteligentes de IoT para rastrear produtos do setor da Saúde e Ciências da Vida.

“Níveis de serviço confiáveis são importantes para remessas do setor da Saúde, independentemente da situação”, disse Abney. “E essas soluções permitirão à UPS fornecer exatamente isso.”

Novo sistema de gerenciamento de qualidade (SGQ)

O sistema de gerenciamento de qualidade da UPS para armazenamento, gerenciamento de inventário e distribuições de produtos (particularmente aqueles que estão sujeitos às Good Manufacturing Practices – cGMP) foi redesenhado para refletir os sistemas existentes em muitas empresas farmacêuticas. O QMS (Quality Management System) tem um sistema de gerenciamento eletrônico de documentos em nuvem, procedimentos operacionais padrão globais (SOPs), os melhores processos de validação da categoria e ferramentas globais de relatório.

“O gerenciamento eficiente de inventário é um dos componentes mais importantes da cadeia de suprimentos da saúde. Ter visibilidade em todos os outros sistemas permitirá maior previsibilidade, visibilidade e planejamento para o cliente ”, explicou Abney.

Saúde e Ciências da Vida

A decisão de conectar todas as operações logísticas do setor da Saúde na unidade UPS HCLS é resultado de ampla colaboração com clientes e especialistas do setor para entender como a UPS pode fornecer maior personalização de serviços e, ao mesmo tempo, responder rapidamente às necessidades específicas da indústria.

A UPS HCLS emprega mais de 5.000 funcionários da Marken, Polar Speed e de todas as 114 instalações especializadas da UPS. A unidade terá uma força de vendas dedicada e treinada para o setor e equipes de suporte ao cliente em toda a rede da UPS. As operações globais da Saúde serão harmonizadas e aprimoradas para atender a rigorosos padrões de qualidade e níveis de serviço. Em todos os aspectos, o UPS HCLS terá o cliente como foco.

“Operaremos um modelo de negócios que coloca os interesses de nossos clientes em primeiro lugar, com serviços focados e simplificados. Esse modelo estabelece as bases para mais inovações e aprimoramentos de produtos nos próximos anos ”, continuou Abney. “Conectar nossas atividades globais para o setor da Saúde é um passo lógico para melhorar ainda mais a experiência do cliente”.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/07/10/drones-saiba-como-dez-gigantes-estao-usando-a-tecnologia/

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação