Notícias do setor farmacêutico

Maconha fez ele parar de ter convulsão a cada dez minutos

maconha

Atualmente o custo dos medicamentos importados para o Brasil gira entre de 35 a 450 dólares segundo Viviane Sedola, CEO e fundadora da Dr. Cannabis, startup brasileira que faz a ponte entre pacientes, médicos prescritores e fornecedores internacionais de medicamentos de maconha (NAV Reportagens)

William teme também a possibilidade de perseguição às associações de cultivadores e usuários que já existem no Brasil: “Eu tenho muito medo de que essas empresas façam cada vez mais pressão nas autoridades para falarem: agora que existe uma regulamentação para se comprar o remédio na farmácia, não existe mais motivo para existirem essas associações, para existirem cultivos caseiros e ocorrer uma grande operação para punir quem estiver ameaçando o mercado deles”.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/11/01/atualizacao-e-impactos-para-a-logistica-farmaceutica/

Sobre o uso adulto, William acredita que o Brasil tem condições de regulamentar a maconha como acontece com o álcool e o tabaco, informando a população e evitando que crianças tenham acesso à droga: “com certeza a gente tem capacidade pra ter um mercado regulamentado como o do tabaco, que teve uma campanha que foi modelo para o mundo todo e que teve resultados excelentes baseados na educação.” referindo-se à campanha antitabagista que a partir de 2002 proibiu propaganda de cigarros e patrocínio de eventos pela indústria tabagista.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: Yahoo Brasil

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação