Notícias do setor farmacêutico

Microsoft usa Inteligência Artificial para diagnosticar câncer cervical mais rápido na Índia

Em alguns casos, a detecção de câncer assistida por Inteligência Artificial (IA) pode ser mais do que uma conveniência – pode ser a chave para obter um diagnóstico mais preciso e rápido. A Microsoft e a SRL Diagnostics, desenvolveram uma ferramenta baseada em inteligência artificial que ajudará a detectar o câncer cervical na Índia e em outros países onde o volume de pacientes pode ser muito grande.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/?hl=pt-br

A equipe da SRL Diagnostics estudou versões digitalizadas de slides Whole Slide Imaging (WSI), cada um com cerca de 300-400 células, manualmente e marcou suas observações, que foram usadas como dados de treinamento para a IA.

câncer

Um framework para uso da IA já está pronto para testes internos na SRL Diagnostics. Embora ainda não esteja pronta para uso em campo, ela já é consideravelmente melhor do que outros métodos de detecção de câncer baseados em IA – que ainda não são mais do que experimentos.

A Cervical Cancer Image Detection API, que é executada na plataforma de computação em nuvem Microsoft Azure, pode analisar os slides em busca de sinais do câncer cervical ainda nos estágios iniciais e notificar os patologistas nos laboratórios. O modelo de IA agora pode diferenciar entre slides normais e anormais com grande precisão e está atualmente na fase de validação nos laboratórios por um período de três a seis meses. Ele também pode classificar os slides com base nos sete subtipos de escala citopatológica cervical.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/11/12/boticario-vai-investir-em-reconhecimento-facial/

Há um incentivo extra para colocar isso em uso rapidamente. De acordo com dados do TechCrunch, cerca de 67.000 mulheres morrem de câncer cervical na Índia a cada ano, ou mais de um quarto das mortes em todo o mundo. Ao mesmo tempo, há apenas um número limitado de médicos que podem processar papanicolau e ajudar as mulheres a tomar as medidas necessárias. A análise eficaz e a detecção adiantada podem ajudar a reduzir a incidência do câncer cervical, mas parte do desafio é que hoje o processo de teste para detectar o início da doença é insuportavelmente demorado.
Só a SRL Diagnostics já recebe mais de 100.000 amostras por ano, e 98% delas são normais. A IA permitiria que os médicos se concentrassem apenas nos dois por cento das amostras que são problemáticas e assim ajudar as mulheres a iniciar o tratamento para a doença mais cedo.

Fonte: Mundo Conectado

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação