Notícias do setor farmacêutico

Prati-Donaduzzi passa a atuar na área de prescrição médica

4.812

Prati-Donaduzzi passa a atuar na área de prescrição médicaA Prati-Donaduzzi, maior produtora de doses de medicamentos genéricos do Brasil, comemora 26 anos e anuncia uma nova etapa de seu projeto de expansão. A partir de janeiro, a farmacêutica com sede em Toledo (PR) iniciará atuação no segmento de prescrição médica.

 

A empresa terá um portfólio de medicamentos de marca, principalmente ligados ao Sistema Nervoso Central (SNC), indicados para tratar doenças como parkinson, alzheimer, epilepsia e epilepsia refratária, ansiedade, depressão e demência. “Com a entrada nessa área, estaremos presentes em todos os setores do mercado farmacêutico. Nas unidades públicas de saúde, nas mais de 55 mil farmácias brasileiras e agora, em sua terceira etapa, junto aos médicos”, explica o diretor-presidente Eder Fernando Maffissoni (foto).

 

A empresa está montando uma equipe de propagandistas para visitar os médicos especialistas nas doenças do Sistema Nervoso Central, em todo o Brasil. Também estuda abrir uma unidade de negócios fora do Brasil, nos Estados Unidos ou Canadá. Em outubro deste ano, inclusive, os executivos da companhia visitaram parques tecnológicos, universidades e incubadoras de Miami, Tampa, Gainesville e Orlando, nos Estados Unidos; e Montreal, no Canadá.

 

“Fomos à procura de um bom lugar para nos instalar. Queremos estar presentes em um ecossistema de inovação. O objetivo é licenciar e desenvolver produtos inovadores a serem comercializados pela Prati-Donaduzzi no Brasil e exterior”, afirma Maffissoni. Pela primeira vez em sua história, a empresa também participou da edição da CPhI Worldwide – 2019. Considerada a maior exposição farmacêutica do planeta, a feira aconteceu em novembro, em Frankfurt, na Alemanha. Na ocasião, a Prati apresentou o insumo farmacêutico ativo, o canabidiol sintético.

 

A Prati-Donaduzzi também cogita a construção de uma nova unidade fabril. A Agência de Desenvolvimento Econômico do Pernambuco (AD Diper) ofereceu um pacote de benefícios para construção da nova unidade fabril no estado pernambucano. O governo do Ceará também cogitou a possibilidade de uma planta no estado, assim como o município de São José dos Campos (SP).

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })