Notícias do setor farmacêutico

Prati-Donaduzzi passa a atuar na área de prescrição médica

Prati-Donaduzzi passa a atuar na área de prescrição médicaA Prati-Donaduzzi, maior produtora de doses de medicamentos genéricos do Brasil, comemora 26 anos e anuncia uma nova etapa de seu projeto de expansão. A partir de janeiro, a farmacêutica com sede em Toledo (PR) iniciará atuação no segmento de prescrição médica.

 

A empresa terá um portfólio de medicamentos de marca, principalmente ligados ao Sistema Nervoso Central (SNC), indicados para tratar doenças como parkinson, alzheimer, epilepsia e epilepsia refratária, ansiedade, depressão e demência. “Com a entrada nessa área, estaremos presentes em todos os setores do mercado farmacêutico. Nas unidades públicas de saúde, nas mais de 55 mil farmácias brasileiras e agora, em sua terceira etapa, junto aos médicos”, explica o diretor-presidente Eder Fernando Maffissoni (foto).

 

A empresa está montando uma equipe de propagandistas para visitar os médicos especialistas nas doenças do Sistema Nervoso Central, em todo o Brasil. Também estuda abrir uma unidade de negócios fora do Brasil, nos Estados Unidos ou Canadá. Em outubro deste ano, inclusive, os executivos da companhia visitaram parques tecnológicos, universidades e incubadoras de Miami, Tampa, Gainesville e Orlando, nos Estados Unidos; e Montreal, no Canadá.

 

“Fomos à procura de um bom lugar para nos instalar. Queremos estar presentes em um ecossistema de inovação. O objetivo é licenciar e desenvolver produtos inovadores a serem comercializados pela Prati-Donaduzzi no Brasil e exterior”, afirma Maffissoni. Pela primeira vez em sua história, a empresa também participou da edição da CPhI Worldwide – 2019. Considerada a maior exposição farmacêutica do planeta, a feira aconteceu em novembro, em Frankfurt, na Alemanha. Na ocasião, a Prati apresentou o insumo farmacêutico ativo, o canabidiol sintético.

 

A Prati-Donaduzzi também cogita a construção de uma nova unidade fabril. A Agência de Desenvolvimento Econômico do Pernambuco (AD Diper) ofereceu um pacote de benefícios para construção da nova unidade fabril no estado pernambucano. O governo do Ceará também cogitou a possibilidade de uma planta no estado, assim como o município de São José dos Campos (SP).

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação