Notícias do setor farmacêutico

Sandoz lançará dois biossimilares em 2020

1.877

A Sandoz, divisão de medicamentos genéricos e biossimilares da Novartis, e que tem Daniel Freire (foto) como diretor médico, lançará dois medicamentos biossimilares no Brasil em 2020. Segundo informações do jornal Valor Econômico, em novembro e dezembro, a companhia recebeu aprovação da Anvisa para dois biossimilares indicados para o tratamento de doenças reumatológicas, dermatológicas e gastroenterológicas.

O objetivo é trabalhar junto à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para liberar o uso desses medicamentos pelos clientes de planos de saúde. A farmacêutica também informou que os medicamentos serão importados da Áustria e que desenvolveu uma parceria com a Bionovis e a Fiocruz /Bio-Manguinhos para o desenvolvimento de molécula

Tratam-se de parcerias para desenvolvimento produtivo (PDPs), por meio das quais a Sandoz irá transferir tecnologia para a Bionovis, o parceiro privado, e a Fiocruz/ Bio-Manguinhos, parceiro público. A farmacêutica já tem em seu portfólio dois medicamentos o Zarzio (filgrastim), indicado para a redução da duração da neutropenia (redução da contagem de glóbulos brancos) em pacientes que fazem uso de quimioterapia para o câncer e o Riximyo (rituximabe), primeiro medicamento deste tipo aprovado no país. Em 2019, o faturamento da companhia no Brasil chegou à casa dos US$ 200 milhões e, para 2020, a expectativa é de crescimento entre 5% e 6%.

 

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })