Notícias do setor farmacêutico

DSV quer reforçar presença no canal farma com aquisição

384

Com aquisição da companhia logística suíça Panalpina, a dinamarquesa DSV Brasil passa a conectar o cliente em todas as etapas da operação e planeja reforçar participação no  segmento farmacêutico e de saúde, um dos três mais importantes para a empresa, que representa 15% dos negócios. A apresentação das estratégias de 2020 foi promovida em encontro na sede da empresa em São Paulo (SP).

“O negócio também contribuiu para expandir a atuação da DSV principalmente nos mercados da América do Sul, Ásia e Oriente Médio, onde a Panalpina tinha uma presença significativa e, com isso, passamos a operar em 90 países”, afirma Marcelo Caio Bartolini D’Arco, presidente da DSV Brasil. Segundo o executivo, a DSV atende 80 empresas do segmento farma & saúde, com expertise em operações com certificação GDP, biotecnologia e farmacêutico, aparelhos médicos e de diagnósticos, produtos de saúde, hospitais e unidades de saúde.

Com cerca de 1.500 unidades ao redor do mundo e 60 mil colaboradores, a DSV Global Transport & Logistics, que já era reconhecida pela atuação no mercado de transporte rodoviário, amplia agora o portfólio de serviços para soluções logísticas que envolvem os modais aéreo e marítimo, além de armazenagem, desembaraço aduaneiro, distribuição e logística em geral.

A fusão entre as duas empresas no Brasil, com valor estimado em R$ 23 bilhões, criou a quarta maior fornecedora de soluções logísticas para  a cadeia de suprimentos do mundo, com faturamento aproximado de R$ 73 bilhões.Com as operações já em integração, a expectativa é de que todo o processo de unificação dure de dois a três anos, com a maior parte sendo concluída em até 24 meses. Com relação às estruturas físicas, além do escritório sede permanecer em São Paulo (SP), as seguintes filiais já estão fisicamente integradas e com a adoção da nova marca, DSV: Campinas (SP); Santos (SP); Rio de Janeiro (RJ); Curitiba (PR); Porto Alegre (RS) e Manaus (AM). Os hubs localizados nos mais importantes aeroportos de cargas do país (Guarulhos e Viracopos) também já foram adequados à nova marca.

“Estamos testemunhando o reaquecimento da atividade econômica nacional. O Produto Interno Bruto (PIB) do País vem gradativamente apresentando melhoras, refletindo uma discreta, mas consistente retomada da economia. É neste cenário que a DSV consolida sua atuação como uma das principais empresas de logística do Brasil após o processo de integração com a Panalpina”, afirma D’Arco.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Veja também: Publicada resolução sobre as atribuições do farmacêutico na logística

Siga nosso Instagram

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })