Notícias do setor farmacêutico

Prati-Donaduzzi investirá R$ 650 milhões em expansão

639
Governador Carlos Massa Ratinho Junior durante anúncio de investimentos pela Prati Donaduzzi – Curitiba, 05/02/2020 – Foto: José Fernando Ogura/AEN

A Prati-Donaduzzi  confirmou nesta quarta-feira, dia 5, que injetará R$ 650 milhões nos próximos três anos na ampliação de sua fábrica em Toledo , no oeste do Paraná. O investimento viabilizará a criação de 350 empregos diretos e o empreendimento tem o apoio do governo do estado.

Esse montante, porém, pode ultrapassar R$ 800 milhões nos próximos anos e atingir R$ 1 bilhão em uma década, de acordo com a Invest Paraná, agência estadual de atração de investimentos privados. O estado venceu a concorrência de São Paulo, Pernambuco e Ceará por essa planta da empresa.

Eder Fernando Maffissoni, diretor-presidente da empresa, afirmou que a ampliação fará da Prati-Donaduzzi a maior produtora de comprimidos da América Latina. “É um investimento significativo para a indústria farmacêutica. Vamos ampliar a capacidade e modernizar a estrutura atual, fazer mais uma unidade para 3,6 bilhões de doses por ano, além de um novo Centro de Distribuição em Toledo e do desenvolvimento de novos produtos, em pesquisa e desenvolvimento”, explica.

Entre as novas iniciativas da companhia está a atuação na área de prescrição, principalmente em medicamentos indicados para tratamento de Parkinson, Alzheimer, epilepsia e epilepsia refratária, ansiedade, depressão e demência. “Esse investimento em Toledo abriga os nossos novos produtos. Para que eles consigam ser mais competitivos e também mais acessíveis para a população”, complementa.

Atualmente, a indústria é uma das maiores fabricantes de medicamentos genéricos do país, com capacidade produtiva de 12 bilhões de doses terapêuticas por ano. A marca estima presença em mais de 55 mil farmácias e impacto diário na vida de 25 milhões de brasileiros.

“É uma conquista para o Estado. A empresa já gera 4,5 mil empregos diretos no Paraná e vai ampliar ainda mais esse alcance. Criamos um ambiente favorável para a atração de investimentos e geração de emprego”, afirmou o governador Ratinho Junior. As negociações relacionadas a incentivos fiscais entre a empresa e os técnicos do governo duraram cerca de oito meses.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Veja também: Após dois anos de alta, produção industrial recua 1,1% em 2019

Siga nosso Instagram

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.