Notícias do setor farmacêutico

Feirão da Serasa é oportunidade para limpar o nome

455
Feirão da Serasa
Luciana vai aproveitar a possibilidade para quitar as dívidas que tem com banco e com cartão de crédito (foto: Rafaela Gonçalves/Esp. CB/D.A Press)

Pessoas físicas e jurídicas têm a chance de renegociar dívidas atrasadas e negativadas, e recuperar o crédito e o nome limpo. O Serasa Consumidor está promovendo mais uma edição do feirão, que vai até o dia 31 de março em todo o país. Os acordos podem ser feitos por meio do site, diretamente com os credores de qualquer lugar, mas a agência de Brasília está auxiliando os consumidores presencialmente. No ano passado, mais de 4 milhões de acordos foram fechados.

Segundo o gerente do Serasa Consumidor, Giresse Contini, a pessoa que decidir renegociar o que deve tem a chance de obter descontos de até 98%. “É uma excelente oportunidade de, digamos assim, começar o ano efetivamente com o nome limpo. A gente sabe que estar com o nome limpo é um desejo da população, e ter uma oportunidade com um desconto tão grande ajuda essas pessoas. É claro que ,sempre que o consumidor consegue pagar com menos parcelas, ou à vista, acaba tendo um desconto maior, mas você pode escolher a melhor opção de pagamento. É fácil e rápido. Entrando no site, em dois ou três minutos, se consegue imprimir o boleto e pagar na lotérica, no banco, no aplicativo do celular, onde quiser”, destacou.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/01/24/pagar-tudo-a-vista-e-nao-usar-credito-pode-piorar-nota-no-cadastro-positivo/

A cuidadora de idosos Luciana Nascimento, 45 anos, viu no feirão a oportunidade que faltava para limpar de vez o nome. “Tenho dívidas de muito tempo, algumas eu já quitei, mas faltam outras. Eu acho que todas estão em menos de R$ 5 mil. Tem de banco, de cartão de crédito. Quando a gente começa a pagar só o mínimo, vira uma bola de neve, e eu espero abater um pouco disso que ainda estou devendo”, disse.

Segundo o mapa da inadimplência, levantamento feito pela Serasa em dezembro de 2019 mostra que o número de consumidores devedores chegou a 63,3 milhões, 1,5% a mais do que o mesmo período analisado em 2018, quando eram 62,4 milhões. O montante alcançado pelas dívidas até dezembro de 2019 foi de R$ 256 bilhões, com o valor médio de R$ 4.043,00. A maior concentração dos negativados tem entre 26 e 40 anos, 37% do total. A maioria das dívidas foi contraída com bancos e operadoras de cartão de crédito, e totalizou 27,8% do total de débitos em atraso. Contas básicas, como luz, água e gás, responderam por 20,4%; varejo alcançou 12,3%; e telefonia corresponde a 11% da inadimplência.

Ranking

Na comparação por região, o maior percentual de inadimplentes era no Sudeste, com 45,5% do total, seguido pelo Nordeste, com 24,4%. O Sul ficou em terceiro, com 12,8% dos negativados. O Norte registrou 9,3%, seguido do Centro-Oeste, com 8,2%. Só no Distrito Federal, o número de inadimplentes, segundo o levantamento, é de 859.353 pessoas –– está em sétimo lugar no ranking nacional de localidades com moradores inadimplentes.

A aposentada Maria Inês Moreira, 71 anos, recebeu uma oferta de renegociação, mas desconfiou que fosse golpe e decidiu procurar a agência do Serasa. “Me mandaram no WhatsApp dizendo que era uma dívida de conta de luz, com o endereço direitinho da quadra em que a minha filha morou, há 11 anos, e era no meu nome. Pensei que podia ser golpe. Disseram que iam me mandar o boleto e, então, decidi vir aqui. Quero saber o que devo de verdade”, contou.

Segundo Giresse Contini, “sabemos de todo tipo de golpe nesse meio, mas tornamos muito mais confiável esse processo de pagamento. É muito importante que as pessoas tenham cuidado, porque, efetivamente, existem pessoas que se aproveitam dessas oportunidades de quem está buscando pagar suas dívidas. Quando a pessoa quiser quitar, deve procurar no nosso site oficial, porque lá existe a garantia”, disse o gerente do Serasa Consumidor, que também aconselha a buscar o atendimento on-line para ganhar tempo e evitar filas.

* Estagiária sob supervisão de Fabio Grecchi

Serviço Feirão Limpa Nome

Data: até 31 de março

Local: Agência Serasa Asa Sul

Endereço: SCS Quadra 8, Venâncio Shopping, salas 239, 241 e 242

Negociações também podem ser feitas pelo aplicativo da Serasa ou pelo site www.feiraolimpanome.com.br

Renegociação será feita em 11 cidadesO feirão do nome limpo terá pontos de atendimento em todo o Brasil para receber consumidores inadimplentes: Salvador, Recife, Belo Horizonte, Manaus, São Carlos, Rio de Janeiro, Campinas, Brasília, Porto Alegre, Curitiba e Campo Grande. De acordo com a Serasa Consumidor, em dezembro de 2019, São Paulo apresentava 4,4 milhões de pessoas em situação de inadimplência –– a primeira colocação no ranking de cidades com maior número de inadimplentes do Brasil. Entre as empresas participantes do feirão, estão: Itaú, Banco do Brasil, Santander, Recovery, Claro, Net, Embratel, Avon, Ativos, Anhanguera, CredSystem, Sky, Oi, Di Santinni, Ipanema, Nextel, Unopar, Hoepers, BMG, Digio, Porto Seguro, Tricard, Crefisa, Cartão Confiança (D’avó), Unic, Fama, Pitágoras, SoroCred, Uniderp, Unime, Itau Card, Hipercard, ConectCer, Elmo, Tenda, Energisa, Banco Original, Banrisul e EDP.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: Correio Braziliense Online

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })