Notícias do setor farmacêutico

Bolsonaro prevê que crise do coronavírus dure até 7 meses

374

coronavírus

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou esperar que o Brasil volte à normalidade em “seis, sete meses”. Em declaração, dada em transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta quinta-feira (19/3), Bolsonaro disse que espera o pico da epidemia do novo coronavírus no país em três ou quatro meses.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/08/27/resultado-do-regulabrasil-no-amazonas-e-destaque-em-evento-nacional-sobre-tecnologia-e-inovacao-em-saude/

“A gente espera, acha, que [dure] três, quatro meses essa crise do vírus… ele, ele diminuirá, e a partir de uns seis, sete meses, mais ou menos, os países, o Brasil, no caso, entra na normalidade”, comentou.

Bolsonaro também mencionou medidas tomadas por outros países no que diz respeito à produção de medicamentos para o combate à doença, como o início do teste em humanos de remédio criado no Reino Unido e a liberação, por parte dos Estados Unidos, do uso de fármacos. O presidente também citou a criação de uma vacina por israelenses que, segundo ele, pode ser concluída em um mês.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: EderLuiz.com.vc

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })