Notícias do setor farmacêutico

Coronavírus: 10% das pessoas no grupo de risco têm problemas neurológicos

2.126

O neurologista Renato Anghinah, afirmou, em entrevista exclusiva ao programa RB News, da Rádio Bandeirantes, neste domingo, 5, que cerca de 10% das pessoas que estão no grupo de risco do coronavírus têm algum tipo de problema neurológico e, por isso, precisam ficar atentas para se prevenir da doença.

Siga nosso instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Segundo o especialista, pessoas que já sofreram um acidente vascular cerebral, que têm esclerose múltipla, esclerose lateral amiotrófica, Mal de Parkinson, ou que estão acamadas após um trauma no crânio, por exemplo, são mais suscetíveis a terem uma imunidade menor. “Lembrar desses pacientes é uma obrigação que nós precisamos ter”, afirmou o médico.

Segundo ele, a conscientização é necessária para que pessoas com essas condições recebam o tratamento adequado para prevenção contra o vírus.

“Fica muito aberto na cabeça do indivíduo ‘grupo de risco’ e, obviamente, a gente pensa hoje grupo de risco como idosos, mas muitos desses pacientes idosos têm essas comorbidades, e 10% dessas comorbidades são neurológicas”, disse o neurologista. “Então, temos que lembrar desse grupo, ter cuidado maior e isolamento maior para essas pessoas”, concluiu.

Fonte: cennoticias

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/13/gripe-hospitalizou-mais-de-500-pessoas-no-brasil/

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.