Notícias do setor farmacêutico

Médicos criam serviço de atendimento online gratuito na luta contra o coronavírus

13.616
covid-19
Médicos do Brasil criam serviço de atendimento online gratuito na luta contra a Covid-19

Centenas de médicos de todo Brasil estão prestando atendimento gratuito, online, pra ajudar pacientes com sintomas de coronavírus.

O médico já tem o diagnóstico. “A minha recomendação pra você é: fica em casa, se alimenta, se hidrata”, diz.

Jornal Nacional: Tudo bem, doutor, mas cadê o paciente? Está do outro lado da tela. Médico: Olá, meu nome é Leandro, sou médico do Missão Covid. Como posso te ajudar?

Para o paciente, consulta e consultório foram duas palavras que sempre andaram juntas. Durante a pandemia, esse é um dos conceitos que está mudando rapidamente. Em tempos de isolamento, o consultório é na tela do computador.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/26/exercicio-de-forca-controla-diabetes-em-obesos-segundo-pesquisa/

Com as cirurgias eletivas canceladas, o cardiologista Leandro Rubio passou a ter muito tempo livre. Decidiu juntar os amigos médicos e criar um serviço contra o coronavírus gratuito e online. Em três semanas, foram 10 mil consultas.

“Na avaliação presencial a gente consegue ter uma avaliação mais completa do paciente. Mas na telemedicina a gente consegue ter uma boa avaliação também, dependendo da complexidade do paciente, com sintomas leves e moderados, a gente consegue sim muito bem orientá-los e entregar toda assistência”, explica o médico Leandro Rubio.

O serviço é reservado a pacientes que tenham sintomas do coronavírus. Era o caso da Maiara Duarte.

“Foi como se tivesse eu e ele frente a frente. E a riqueza de detalhes nas perguntas eu acho que fez com que ele realmente visse o diagnóstico do que eu tinha e me acalmou”, conta.

Acalmar, tirar dúvidas e deixar os hospitais só para os casos mais graves. Os estudantes de medicina da Unicamp também criaram um serviço em Campinas que atende por telefone.

“O paciente está com sintomas. Ele fica com medo de procurar o sistema de saúde e se contaminar, mesmo estando com sintomas leves. Então, a gente faz o aconselhamento seguindo as orientações do Ministério da Saúde”, diz o estudante de medicina David Cirigussi.

O que impressiona é o número de voluntários. David juntou 140 estudantes num só dia. O Doutor Leandro já tem a adesão de 600 colegas. O serviço faz bem aos pacientes e aos próprios médicos.

Em tempos de pandemia, é fácil esquecer que por trás do super-herói de branco existe um ser humano também.

“Muitos médicos s estão com idade acima de 60 anos, pressão alta, diabetes. Estão no grupo de risco. Eles não estão na linha de frente dos hospitais e ficam em casa querendo ajudar de alguma maneira. Então olha que bonito. O Missão Covid está conseguindo ajudar esses médicos a ajudar o nosso país”, disse Leandro.

O médico já tem o diagnóstico. “A minha recomendação pra você é: fica em casa, se alimenta, se hidrata”, diz.

Jornal Nacional: Tudo bem, doutor, mas cadê o paciente? Está do outro lado da tela. Médico: Olá, meu nome é Leandro, sou médico do Missão Covid. Como posso te ajudar?

Para o paciente, consulta e consultório foram duas palavras que sempre andaram juntas. Durante a pandemia, esse é um dos conceitos que está mudando rapidamente. Em tempos de isolamento, o consultório é na tela do computador.

Com as cirurgias eletivas canceladas, o cardiologista Leandro Rubio passou a ter muito tempo livre. Decidiu juntar os amigos médicos e criar um serviço contra o coronavírus gratuito e online. Em três semanas, foram 10 mil consultas.

“Na avaliação presencial a gente consegue ter uma avaliação mais completa do paciente. Mas na telemedicina a gente consegue ter uma boa avaliação também, dependendo da complexidade do paciente, com sintomas leves e moderados, a gente consegue sim muito bem orientá-los e entregar toda assistência”, explica o médico Leandro Rubio.

O serviço é reservado a pacientes que tenham sintomas do coronavírus. Era o caso da Maiara Duarte.

“Foi como se tivesse eu e ele frente a frente. E a riqueza de detalhes nas perguntas eu acho que fez com que ele realmente visse o diagnóstico do que eu tinha e me acalmou”, conta.

Acalmar, tirar dúvidas e deixar os hospitais só para os casos mais graves. Os estudantes de medicina da Unicamp também criaram um serviço em Campinas que atende por telefone.

“O paciente está com sintomas. Ele fica com medo de procurar o sistema de saúde e se contaminar, mesmo estando com sintomas leves. Então, a gente faz o aconselhamento seguindo as orientações do Ministério da Saúde”, diz o estudante de medicina David Cirigussi.

O que impressiona é o número de voluntários. David juntou 140 estudantes num só dia. O Doutor Leandro já tem a adesão de 600 colegas. O serviço faz bem aos pacientes e aos próprios médicos.

Em tempos de pandemia, é fácil esquecer que por trás do super-herói de branco existe um ser humano também.

“Muitos médicos s estão com idade acima de 60 anos, pressão alta, diabetes. Estão no grupo de risco. Eles não estão na linha de frente dos hospitais e ficam em casa querendo ajudar de alguma maneira. Então olha que bonito. O Missão Covid está conseguindo ajudar esses médicos a ajudar o nosso país”, disse Leandro.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: G1

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

3 Comentários
  1. CELIA Gomes clares diz

    Bom dia,como faço pra conseguir uma receita de remédio de pressão?

  2. cristina marques diz

    Gostaria saber com um Infectologista porque algumas pessoas costa com IgM positivando. ha mais de um mês.

    1. Vanessa diz

      Bom dia
      Gostaria de esclarecimento referente ao exame covid+ 19
      Meu exame apresentou IgM reagente e IgG reagente. Com este resultado preciso me afastar das atividadey profissionais.
      Tive os sintomas exceto falta de ar e no intestino. Em abril. Os demais sintomas tive todos.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })