Notícias do setor farmacêutico

Vacina contra Covid-19 só deve sair em dois anos, afirma secretário do Ministério da Saúde

75

Vacina contra Covid-19 só deve sair em dois anos, afirma secretário do Ministério da Saúde

Em audiência da comissão externa da Câmara que acompanha as ações de combate ao coronavírus, o secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, disse que a produção em massa de uma vacina contra a Covid-19 envolve muito investimento e que isso não aconteceria em prazo menor que dois anos.

 “Vacina é um investimento de, no mínimo, dois anos. Tem que comprar insumo, tem que desenvolver toda a arquitetura de produção. Não é um investimento de curto prazo e eu não acredito que tenhamos vacina sequer em 2021”, disse. Oliveira explicou que seriam necessárias pelo menos 80 milhões de doses, que é a produção atual para a vacina da influenza.

 Mais de 90 pesquisas

 Já a pesquisadora do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Natália Tachner, disse que uma vacina viável pode sair até o fim do ano e que a mais adiantada seria a que está sendo pesquisada na Universidade de Oxford, na Inglaterra. A instituição já informou que vai liberar a patente da vacina. Natália disse que são mais de 90 pesquisas de vacinas no mundo e que ela mesma participa de 5 no Brasil.

 Ela explicou que a vacina para o novo coronavírus deve ser versátil como a da gripe. Ou seja, poderá ser facilmente adaptada todo ano, caso necessário. Natália disse ainda que as pesquisas com anticorpos ainda estão em fase inicial. “Nós estamos ainda engatinhando com a fisiologia do vírus e com a resposta imune. A ciência vai conseguir essas respostas, mas essas respostas demoram um pouco para conseguir embasar políticas públicas com segurança”, observou.

 Segundo a pesquisadora, outros coronavírus mostraram que a imunidade relacionada a anticorpos, para evitar a infecção, durou cerca de dois anos. Já a imunidade celular, que é quando o vírus já entrou na célula, teve uma duração em torno de 5 anos.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.