Notícias do setor farmacêutico

Com pandemia de coronavírus, equipamentos de proteção individual têm alta nos preços

19

Coronavírus – O Conselho Municipal de Saúde teve de recorrer ao Ministério Público e ao Procon para denunciar as altas exorbitantes nos preços de equipamentos de proteção individual (EPIs), que são essenciais para garantir a segurança dos profissionais que trabalham na linha de frente, no combate ao coronavírus.

Siga nosso instagram; https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

As máscaras tiveram um aumento de 3.800% se comparado com o valor em fevereiro, quando a unidade do produto custava R$ 0,10 e passou a R$ 3,90 em abril.

O avental descartável, que os profissionais da saúde usam durante o trabalho, teve um aumento de 224,9%. A unidade custava, em novembro de 2019, R$ 2,80. a prefeitura passou a pagar R$ 8 em abril.

Outro produto que tem sido muito usado durante o combate à Covid-19 é a luva. Uma caixa com 100 unidades era comprada, em dezembro, por R$ 14,77. Em abril, a caixa passou a custar R$ 37,21. Um aumento de 157%.

O Conselho Municipal pede que os valores sejam investigados pelo Procon e que, caso o aumento abusivo seja comprovado, as empresas sejam responsabilizadas por “lesar os cofres públicos”.

Fonte: G1

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/05/22/varejo-farmaceutico-online-bate-recorde-e-estima-crescimento-de-quase-dois-digitos-em-maio/

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.