Notícias do setor farmacêutico

Covid-19: L’Oreal redesenha seu futuro digital para ampliar as vendas

129

A pandemia da Covid-19 e a necessidade de isolamento social desencadeou mudanças na forma como as mulheres descobrem e compram produtos de beleza, em especial nas faixas de idades mais elevadas. Até então, elas eram cautelosas na internet, segundo a diretora de operações digitais da L’Oréal, Lubomira Rochet. As informações são do jornal Valor Econômico.

Maior fabricante mundial de cosméticos em vendas, a L’Oreal acredita que boa parte desse novo comportamento dos consumidores continuará mesmo depois de a pandemia perder força.

Novas ferramentas de marketing, tais como testes virtuais de maquiagem e tintura de cabelo, bem como consultas de beleza personalizadas por meio de conversas por vídeo, também se mostraram de grande utilidade diante das lojas fechadas.

Mesmo antes do surgimento do coronavírus, o setor de cosméticos já estava bem avançado na adoção do comércio eletrônico e do marketing digital do que outras categorias de bens de consumo, como as de alimentos ou produtos de uso doméstico.

Foco no digital

L’Oréal e Estée Lauder, líderes no mercado, investiram alto nos últimos anos para ampliar seu poder de fogo digital, com novas marcas encabeçadas por celebridades, como Huda Beauty e Charlotte Tilbury, tendo crescido rapidamente ao atrair consumidores por meio das redes de relacionamento social online.

Atualmente, cerca de 20% da receita da L’Oréal vem dos sites de suas próprias marcas ou do varejo on-line de empresas como Amazon e Wal-Mart. No primeiro trimestre deste ano, as vendas do grupo francês por comércio eletrônico cresceram 53% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Salões de beleza e lojas de departamento ficaram fechados durante os lockdowns, mas algumas varejistas, por meio das quais a L’Oréal normalmente também vende, como as farmácias, por exemplo, continuaram abertas.

Rochet disse que, de início, os consumidores estocaram produtos de cuidado pessoal, como o xampu Garnier, mas, depois, ao perceberem que as medidas de confinamento se estenderiam, passaram a comprar produtos como tintura de cabelo, esmalte para unhas e máscaras faciais de beleza para uso em suas próprias casas.

Comércio eletrônico

Apesar da queda nas vendas, foi possível ver alguns raios de luz nesta crise. A L’Oréal rapidamente transferiu uma maior parte de seus investimentos em marketing e publicidade para a internet, elevando a proporção de 50%, antes da pandemia, para cerca de 70%.

Como resultado, o comércio eletrônico cresceu a passos rápidos mesmo naquelas regiões onde originalmente estava pouco desenvolvido. Por exemplo, na América Latina, as vendas online saltaram 300% em abril e, na África e Oriente Médio, 400%.

A crise também levou mais varejistas nas quais a L’Oréal vende seus produtos a incrementar seus próprios serviços online. Um total de 15 empresas, entre as quais Amazon, Boots e AS Watson, agregaram a tecnologia de testes virtuais de produtos da L’Oréal, chamada ModiFace, a seus sites e aplicativos.

Em média, os consumidores passaram nove minutos usando o ModiFace para experimentar virtualmente tons de tintura de cabelo ou de base neles mesmos. Antes da crise da covid-19, passavam dois minutos, em média.

A L’Oréal pretende pensar ainda mais alto no mundo digital daqui para a frente, segundo Rochet. “Tínhamos metas para o segundo estágio de nossa transformação digital, mas a covid-19 provocou uma mudança profunda no cenário, então é preciso reavaliá-las”, disse.

“Estamos nos preparando para um mundo no qual metade dos negócios será no comércio eletrônico e 80% das interações dos consumidores se darão online, completou.”

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente                                                                                                                                                                                O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/03/06/loreal-desenvolve-programa-para-estudantes-universitarios/

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })