Notícias do setor farmacêutico

Salas clínicas aquecem faturamento da MontaFarma

2.719

Salas clínicas aquecem faturamento da MontaFarma, que deve ser 30% maiorA pandemia da Covid-19 acelerou no varejo farmacêutico a aposta em projetos de implementação de salas clínicas e na renovação do layout das lojas para garantir o distanciamento entre os clientes. Essas demandas estimularam os negócios da MontaFarma, empresa especializada em mobiliário para drogarias, que já projeta ampliar em 30% o faturamento de 2020, que chegou a R$ 25 milhões no ano passado.

Salas clínicas aquecem faturamento da MontaFarma, que deve ser 30% maiorDe acordo com o diretor comercial Edimilson de Souza, 90% dos projetos fechados no primeiro semestre têm entre as especificações a montagem de uma sala de serviços farmacêuticos, principalmente de vacinação. Com sede em Americana, no interior de São Paulo, a MontaFarma é pioneira no segmento há mais de 45 anos, atendendo grandes redes da Abrafarma e farmácias associativistas vinculadas à Febrafar. Mas agora, farmácias independentes também investem nesse serviço.

“Percebemos uma preocupação dos donos de farmácia em renovar suas lojas, a fim de oferecer alguns serviços e atendimentos que antes ele desprezava. Quem não se adequar a esse novo momento e não fizer as adequações necessárias para o atendimento farmacêutico, explorando ao máximo o gerenciamento de categorias, estará fora do mercado em pouquíssimo tempo”, ressalta.

 

Layout inteligente

Salas clínicas aquecem faturamento da MontaFarma, que deve ser 30% maiorPara atender à necessidade de um consumidor que busca encontrar tudo o que ele precisa em um só lugar, a MontaFarma oferece o que ela chama de layout inteligente. “Desenvolvemos um projeto específico para cada conceito de farmácia, seja popular ou premium, buscando equipar o ponto de venda com o melhor número possível de móveis”, explica Souza.

Para isso, a empresa trabalha com três linhas de mobiliários. “Em fevereiro, os clientes que apostaram em abertura de novas lojas ou efetuaram alguma reforma no ponto de venda, apresentaram um aumento de 30% a 40% no faturamento”, pontua.

“No momento, estamos com 12 projetos do gênero em desenvolvimento, com módulos específicos para produtos masculinos ou para linhas de cosméticos e dermocosmético”, finaliza Souza.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente                                                                                                                                                                                O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/06/23/conheca-as-10-maiores-industrias-de-higiene-e-beleza-do-pais-e-as-projecoes-para-2020/

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })