Notícias do setor farmacêutico

Cateterismo Cardíaco: e necessário?

28

Cateterismo cardíaco é um exame muito importante para a Cardiologia. Através dele, é possível diagnosticar obstruções nos vasos sanguíneos que irrigam o coração, assim como outros problemas estruturais deste órgão, aperfeiçoando o diagnóstico das cardiopatias.

As obstruções nas artérias coronárias são causadas por placas de ateroma (popularmente chamadas placas de gordura). Elas limitam ou impedem a passagem do sangue para o coração. Uma vez que o fluxo seja interrompido (no dito popular, veia entupida), o músculo cardíaco pode sofrer um infarto.

Além de identificar a existência e a gravidade de uma ou mais obstruções nas artérias coronárias, o cateterismo cardíaco permite também identificar outros problemas estruturais no coração. Assim, o médico consegue avaliar com maior precisão qual a melhor conduta de tratamento para o paciente.

Por isso, o cateterismo é amplamente difundido como um exame importante no diagnóstico e na definição da melhor conduta de tratamento dos pacientes cardiopatas.

Indicação do Cateterismo Cardíaco

Pessoas com fatores de risco para doença coronariana ou com sintomas como dor no peito, após criteriosos exames de estratificação, podem ser encaminhadas ao cateterismo para um diagnóstico mais preciso da sua condição. Atualmente, o exame é realizado de forma rotineira na investigação cardiológica avançada e invasiva. No entanto, a determinação da sua necessidade e o encaminhamento do paciente devem ficar a critério do cardiologista clínico.

Cateterismo também é indicado na fase aguda do infarto do miocárdio, condição em que uma artéria coronária está totalmente ocluída. Nesses casos, o exame identifica o local da obstrução. Na sequência, é realizada a Angioplastia, procedimento que irá restabelecer o fluxo sanguíneo no vaso em questão.

“O cateterismo também é importante em situações de emergência. Com ele, a equipe médica identifica, de forma rápida e precisa, a obstrução que provocou o infarto. Com esse diagnóstico, é possível executar a intervenção imediata através da angioplastia.”  – Dr. Luiz Carlos Giuliano (CRM-SC 4551)

Como é o Cateterismo Cardíaco

O cateterismo cardíaco é um exame invasivo, em geral realizado com o paciente sedado. É realizado através da introdução de um fino cateter nas artérias do braço ou da perna, conduzido até o coração. Desta forma, com a ajuda de contraste e de recursos de Raio X, o médico consegue visualizar os vasos sanguíneos, identificar e avaliar possíveis obstruções, aferir pressões das câmaras cardíacas e identificar doenças estruturais.

O exame gera imagens que permitem que os médicos avaliem a quantidade e gravidade das obstruções, assim como a anatomia dos vasos e das estruturas do coração. Dessa forma, tem condições de encaminhar o paciente para o melhor tratamento para o seu caso, seja clínico, cirúrgico ou por cateterismo terapêutico (ex: angioplastia, valvuloplastia, etc ).

Riscos do Cateterismo

O cateterismo cardíaco não costuma apresentar grandes riscos para os pacientes.  No entanto, como em qualquer intervenção invasiva, algumas complicações podem surgir. Por isso, o exame deve ser feito por profissionais especializados e capacitados. É importante também que seja realizado em hospitais que ofereçam estrutura cardiológica completa. Os médicos e os hospitais devem estar preparados para tratar eventuais complicações, caso necessário.

“O hospital SOS Cárdio conta com duas salas de Hemodinâmica altamente equipadas. Tais salas são também preparadas para intervenções cirúrgicas, se necessário. Além disso, profissionais especializados nas mais diferentes áreas da Cardiologia estão sempre de prontidão para o caso de alguma eventualidade.” – Dr. Luiz Carlos Giuliano (CRM-SC 4551)

Dentre as complicações do cateterismo cardíaco estão hematoma ou sangramento no local das punções vasculares, dor local, reações alérgicas ao contraste iodado, obstruções arteriais no local das punções vasculares, arritmias graves e morte. Felizmente, as três últimas complicações, de maior gravidade, são bastante raras e ocorrem principalmente em pacientes que são submetidos ao cateterismo cardíaco em situação de bastante debilidade física ocasionada pela doença.

É fundamental seguir as orientações prévias ao cateterismo cardíaco para que o procedimento seja realizado com segurança. Da mesma forma, orientações como repouso após o exame, se for o caso, também devem ser respeitadas. Assim, a recuperação acontece de forma mais rápida e tranquila.

*Por Dr. Luiz Carlos Giuliano (CRM-SC 4551), Cardiologista Hemodinamicista do Hospital SOS Cárdio.

Fonte: https://soscardio.com.br/cateterismo-cardiaco-e-necessario/


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também:  https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/06/25/cateterismo-cardiaco/

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })