Notícias do setor farmacêutico

Dor no nervo ciático: um guia sobre a complicação!

88

dor no nervo ciático pode ser aguda ou crônica. Um episódio agudo pode durar entre uma e duas semanas e geralmente é tratada em algumas semanas. É bastante comum que o paciente um pouco de dormência por um tempo depois que a dor vai diminuindo progressivamente. É possível ter episódios de dor ciática algumas vezes por ano.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

A dor ciática aguda pode eventualmente se transformar em uma dor ciática crônica. Isso significa que este tipo de dor é relatada com certa regularidade. A dor ciática crônica é uma complicação que persiste ao longo da vida de uma pessoa. Atualmente, essa complicação não responde bem aos tratamentos, no entanto, a dor da ciática crônica geralmente é menos intensa que a sua forma aguda.

O que é a dor no nervo ciático

dor no nervo ciático é um tipo de algia que se desenvolve na parte inferior das costas. Ela pode ser transmitida ao quadril e nádegas, e tem chance ainda de desce pelas pernas. Essa dor ocorre quando as raízes nervosas que compõem o nervo ciático ficam contraídas ou comprimidas. Geralmente esta complicação afeta apenas um lado do corpo.

Tratamento da dor no nervo ciático

Para muitas pessoas, a dor no nervo ciático pode ser tratada com cuidados básicos que são feitos em casa. Descansar alguns dias após o início de uma crise pode ajudar (por exemplo), no entanto, não é adequado ficar muito tempo sem retomar com suas atividades cotidianas. Isso ocorre pois com longos períodos de inatividade, os sintomas da complicação tendem a piorar.
A aplicação de compressas quentes ou frias na região lombar pode proporcionar alívio temporário. Além disso, pessoas que sofrem com esta algia podem tentar alongar-se rotineiramente para ajudar a aliviar a dor ciática.
Os medicamentos sem receita, como a aspirina ou o ibuprofeno (Advil), podem ajudar a reduzir a inflamação, o inchaço e aliviar parte da dor.
Se seus sintomas forem graves e os tratamentos caseiros não estiverem reduzindo sua dor, ou se sua dor estiver piorando progressivamente, consulte um médico imediatamente!

Um profissional da saúde pode prescrever medicamentos para aliviar seus sintomas, como:

  • Anti-inflamatórios;
  • Relaxantes musculares se houver espasmos;
  • Antidepressivos tricíclicos;
  • Medicamentos anticonvulsivantes;
  • Narcóticos em casos graves.

O profissional da saúde também pode recomendar que você faça fisioterapia após a melhora dos sintomas. A fisioterapia ajuda a prevenir futuros surtos de dor, fortalecendo os músculos centrais e das costas.
Em casos mais severos, o médico ainda pode sugerir a administração de injeções de esteroides. Quando injetado na área ao redor do nervo afetado, os esteroides são capazes de reduzir a inflamação e a pressão no nervo. Porém, o paciente pode receber apenas um número limitado de injeções destas substâncias, já que existe o risco de ocorrerem efeitos colaterais graves.
Se a dor sentida pelo paciente não responder a outros tratamentos, a cirurgia pode ser recomendada como último recurso. Importante destacar que, essa medida invasiva pode ser uma uma alternativa caso a dor ciática estiver causando perda de controle do intestino ou da bexiga.

Mudanças de estilo de vida

Existem algumas coisas que uma pessoa que sofre com dor no nervo ciático pode fazer para evitar futuros surtos, veja alguns a seguir:

  • Exercite-se regularmente: para manter a força nas costas;
  • Ao sentar: mantenha a postura da coluna reta;
  • Evite inclinar-se para levantar objetos pesados: ao invés disso, agache-se para pegar as coisas;
  • Pratique boa postura e use sapatos de apoio: isto ajuda a pessoa com dor ciática ter menos surtos, caso ela permaneça em pé por longos períodos de tempo;
  • Tenha uma alimentação saudável: condições como a obesidade e a diabetes são fatores de risco preponderantes para desenvolver a dor ciática.

Quando consultar um médico devido a dor no nervo ciático

Fale com um médico se:

  • Seus sintomas não estão melhorando com os tratamentos feitos em casa;
  • O surto de dor durou ou durar por mais de uma semana;
  • A dor é mais intensa do que em crises anteriores ou for piorando gradativamente.

ATENÇÃO: Procure ajuda médica de emergência se a dor ocorreu imediatamente após uma lesão traumática, como um acidente de carro, ou se você estiver com problemas para controlar a bexiga ou o intestino, pois este é um sintoma grave!

A diferença entre a dor no nervo ciático e a dor nas costas

Na dor ciática, a dor é transmitida da região lombar para as pernas. Já no caso da dor nas costas, o desconforto sentido permanece apenas na região lombar.
Existem muitas outras condições com sintomas semelhantes à dor ciática. Complicações que podem ser citadas, incluem:

  • Bursite;
  • Hérnia de disco;
  • Nervo comprimido.

Por esse e outros motivos, é destaca a importância de consultar um médico para um diagnóstico completo, pois além do diagnóstico, ele irá trabalhar para criar um plano de tratamento apropriado e adequado para cada paciente.

Quanto tempo dura a dor ciática na gravidez

Uma revisão realizada em 2008, estima que entre 50% e 80% das mulheres experimentam dores nas costas durante a gravidez. No entanto, é altamente improvável que esta dor sentida nas costas tenha origem no nervo ciático.
Ocasionalmente, a posição do bebê pode fazer com que a pressão no nervo ciático seja maior, causando dor. Dependendo da posição do bebê mudar, a dor pode durar o restante da gravidez, ir e vir ou desaparecer repentinamente. Após o nascimento do bebê, essa dor deverá desaparecer.
dor no nervo ciático durante a gravidez não indica nenhum outro problema, além da dor e do desconforto sentido pela mãe. A massagem pré-natal ou ioga pré-natal são atividades que podem ajudar a aliviar um pouco do desconforto. Além disso, mulheres grávidas também podem tentar algum dos tratamentos citados anteriormente (e que não precisem da administração de medicamento) para diminuir com a dor ciática durante seu período de gravidez.

Resumo sobre a dor no nervo ciático

dor no nervo ciático é uma complicação bastante dolorosa, o que pode dificultar qualquer pessoa durante a execução das suas tarefas diárias. Qualquer pessoa pode desenvolver dor intensa, mas com ataques relativamente e pouco frequentes, ou também desenvolver a dor ciática menos intensa, e que é mais constante.
Existem diversas maneiras de aliviar os sintomas da dor ciática. Em grande parte dos casos, a dor é completamente aliviada dentro de algumas semanas.
Você deve ficar muito atento e ir consultar um médico, se:

  1. Seus sintomas não melhorarem com o tratamento feito em casa;
  2. Seus sintomas piorarem ou durarem muito tempo para sumir;
  3. Você estiver sofrendo com muitas dificuldades para concluir suas tarefas diárias.

Fonte: Blog Vitta

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/09/28/ofertas-conheca-estrategias-do-e-commerce-para-clientes-gastarem-mais/

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })