Notícias do setor farmacêutico

Caspa na sobrancelha? Sim, ela existe e pode causar descamação e coceira

107

Você não leu errado. A dermatite seborreica, popularmente conhecida como caspa, não atinge só o couro cabeludo. Apesar de ser mais comum nesta área, a doença pode afetar a sobrancelha, os cílios e até a barba. “Na verdade, a inflamação pode ocorrer em qualquer lugar que tenha pelos. É uma condição que surge por conta da presença do fungo Malassezia globosa na pele, sebo ou predisposição genética”, explica a dermatologista Bárbara Carneiro.

Siga nossa página no Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Os agentes externos são grandes vilões e contribuem para o aparecimento da caspa. “Excesso de oleosidade, ingestão de bebidas alcóolicas, banhos quentes, medicamentos, estresse, entre outros, são fatores que ajudam no desenvolvimento da doença”, diz Alberto Cordeiro, dermatologista especialista em cosmiatria, laser e tricologia da Horaios Estética. Barbara completa: “Produtos abrasivos (sintéticos), ácido glicólico e peróxido de benzoíla também colaboram para a inflamação.”

Doença sem cura

Caracterizada por vermelhidão e descamação no local, Alberto ressalta que a doença é uma condição crônica e recorrente, podendo ter períodos de melhora ou piora. “Geralmente a caspa na sobrancelha vem acompanhada de caspa no couro cabeludo, mas essa relação não é obrigatória.” É comum ainda as pessoas cutucarem a pele lesionada, o que leva a uma maior irritabilidade do tecido. O profissional também faz um alerta: “Muitas vezes, ela é confundida com pele seca.” E aí, nem adianta passar sérum ou hidrante… Você só vai piorar a situação!

Segundo Bárbara, um dermatologista deve ser consultado para avaliar com exatidão o problema. Vale ressaltar que a caspa não é contagiosa e nem é causada por falta de higiene ou desleixo. O tratamento, felizmente, é simples e indolor. “É recomendado lavar suavemente a região com sabonete anticaspa e fazer uso de creme antifúngico”, diz ela.

A aposta de muitos especialistas para uma terapia eficaz é a aplicação de xampus que contenham piritionato de zinco. “O trato baseia-se em higienizar a pele oleosa. Em alguns casos, há a necessidade de usar medicamentos específicos”, afirma Alberto.

A solução só depende de você

E como eu posso evitar o aparecimento da dermatite seborreica na sobrancelha ou em qualquer outro lugar do corpo? A resposta pode parecer simples. Além de apostar em produtos específicos para a pele oleosa e fugir de água quente, o melhor “remédio” pra caspa é manter uma alimentação saudável e tentar não se estressar. “Controle a ansiedade”, aconselha o dermatologista.

Recomendações pra evitar a caspa:

  • Evite a ingestão de alimentos gordurosos, bebidas alcoólicas e cigarros;
  • Beba pelo menos 2 litros de água por dia
  • Não tome banhos muito quentes e nem durma com o cabelo molhado. A umidade pode ser fator desencadeante das lesões;
  • Tente controlar o estresse físico e mental e a ansiedade (a gente sabe que não é fácil, mas ajuda!)

Fonte: Yahoo!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/11/23/ex-ceo-da-drogarias-conceito-lidera-projeto-de-incubadora-de-farmacias/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.