Notícias do setor farmacêutico

Vendas no atacado sustentam crescimento do Grupo Tapajós

223

Em um ano difícil para todos os setores da economia, o Grupo Tapajós manteve-se na liderança do varejo e atacado farmacêutico no Norte do país e ainda encerrou 2020 com um avanço de 7% no faturamento em comparação a 2019.

“A meta é fechar este ano com crescimento percentual de até 12%, o que significa muitos novos investimentos e a geração de postos de trabalho em toda a região”, adianta Fernando Ferreira, diretor de marketing, vendas e consumer experience.

Segundo o o executivo, neste ano o maior crescimento do Grupo Tapajós veio das vendas no atacado, cujo faturamento passou de R$ 361 milhões para R$ 412 milhões, com uma alta de 14%. Já no varejo, a receita subiu de R$ 633 milhões para R$ 667 milhões, com crescimento de pouco mais de 5%.

“Os melhores resultados foram sentidos no segundo semestre de 2020, com crescimento de 10% sobre igual período de 2019. O destaque foi para o mês de dezembro, em que batemos um recorde de R$ 105 milhões, contra R$ 82 milhões do mesmo mês no ano anterior”, detalha Ferreira.

Estoque, compras e logística

Um dos investimentos que permitiu à companhia alcançar os resultados de 2020 foi a reestruturação do seu setor de compras, com a aquisição de novas tecnologias para aprimorar o processo de reposição e a criação de uma diretoria específica para a área de logística.

“Abandonamos o modelo que concentrava suplly chain, reposição e logística reversa das lojas unicamente no setor de compras, e passamos a operar em vertentes distintas. Esses movimentos nos permitiram, além de aumentar o nível de estoque, melhores negociações com fornecedores e mais agilidade na entrega de mercadorias em nossas lojas. Com isso, a ruptura, que era de 18%, baixou para menos de 5%”, comemora o diretor.

Mix, marcas próprias, expansão

Dono das redes de drogarias FarmaBem, Flexfarma e Santo Remédio, o Grupo Tapajós trabalha atualmente com um mix de mais de 14 mil produtos. Desse portfólio total, 2.300 foram lançamentos, especialmente nos segmentos dermatológicos, de beleza e bem-estar. “A categoria de medicamentos já estava bem consolidada, por isso demos essa guinada em direção às áreas de beleza, higiene e cuidados pessoais”, esclarece Ferreira.

O diretor frisa ainda a importância dos investimentos em marcas próprias. “Atualmente, a nossa marca Animativ já conta com nove tipos de polivitamínicos voltados à saúde da mulher e do homem. Agora teremos novidades que vão de fraldas e xampus a produtos de beleza e alimentos”, comenta. O ano passado registrou R$ 2 milhões em vendas somente de marcas próprias. A intenção é que essa área represente de 5% a 7% do faturamento geral da empresa.

O Grupo Tapajós também deve crescer de forma orgânica com pelo menos mais 20 novas lojas em suas diversas bandeiras. Estão previstos ainda o lançamento de um cartão de crédito para os clientes e a expansão da bandeira Flexfarma na modalidade de franquia.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.