Notícias do setor farmacêutico

Você conhece a tendinite?

212

A tendinite é um problema comum e acomete pessoas que realizam movimentos repetitivos, como passar muito tempo digitando, jogando

A tendinite é um problema comum e acomete pessoas que realizam movimentos repetitivos, como passar muito tempo digitando, jogando videogame ou mexendo no celular.

Veja também: Tendinite e tenossinovite

Com dores que podem ser severas e sem o tratamento adequado, a tendinite pode levar ao rompimento dos tendões, o que traria a necessidade de cirurgia.

Siga nosso Instagram

Mas primeiro vamos entender um pouco o que é tendinite. A doença é uma inflamação nos tendões, estrutura responsável por ligar ossos e músculos, sempre presentes em nossas articulações.

Mesmo podendo atingir qualquer região do corpo, a tendinite é mais comum nos ombros, tornozelos, cotovelos, joelhos e punhos.

O que causa a tendinite?

As tendinites podem ter duas causas principais, a mecânica e a química.

A mecânica, como já explicamos anteriormente, é resultado de movimentos intensos e repetitivos. Já a química pode ter como causa a alimentação errada, falta de drenagem, ou a expulsão de substâncias tóxicas ao organismo.

O que te torna mais propenso?

Apesar de não ter um “grupo de risco”, alguns hábitos ou condições físicas podem nos tornar mais propensos a desenvolver uma tendinite. Praticantes de esportes de impacto como corrida e natação, podem desenvolver o quadro. Além disso, a falta de alongamento e uma postura errada podem favorecer a inflamação nos tendões.

O ambiente de trabalho também pode ser propenso à tendinite. O estresse e movimentos repetitivos são fatores de risco para a doença.

Outros fatores são o envelhecimento e doenças como diabetes, artrite reumatoide e doenças autoimunes.

Quais os sintomas?

Os sintomas variam de acordo com o grau da doença. Esses incômodos, que podem durar semanas nos piores casos, podem ser tornar crônicos, caso não haja tratamento.

O paciente pode sentir dores no tendão ao movimentar a região, ou então conviver com inchaço, vermelhidão e calor na lesão, diminuição de força e até mesmo atrofia muscular em casos graves.

Quais os tratamentos?

Para aliviar os sintomas da tendinite, você pode tomar algumas atitudes simples, como compressas quentes e frias, além de bastante descanso.

Casos mais graves podem exigir fisioterapia, analgésicos, anti-inflamatórios e até injeções de corticosteroides. Mais cuidado com essas aplicações, pois elas podem enfraquecer o tendão.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.