Notícias do setor farmacêutico

Estudantes nigerianos projetam robô para tratamento de coronavírus

114

Nigerianos – Estudantes nigerianos construíram uma máquina que esperam poder um dia ajudar hospitais a tratar remotamente os pacientes com Covid-19, medindo temperaturas, transportando medicamentos e permitindo que profissionais da saúde se comuniquem com os pacientes por meio de uma webcam e tela. O robô é um gabinete sobre rodas com controle remoto, decorado com um vibrante padrão floral e apelidado de “MAIROBOT”.

Siga nosso instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Em uma demonstração, uma enfermeira da escola carregou o MAIROBOT com remédios e uma aluna, usando um controlador e óculos de proteção para ver através de uma câmera, andou com a máquina por um corredor e em uma sala de isolamento simulada para escanear a testa de uma aluna em busca de sua temperatura.

“Espero que este MAIROBOT possa reduzir e reduzir o risco que esses profissionais de saúde correm – quero que os profissionais de saúde estejam mais seguros”, disse Nabila Abbas, uma das criadoras do robô.

A equipe de robótica da Glisten International Academy na capital da Nigéria, Abuja, começou tentando construir o MAIROBOT por meio de colaboração online, mas acabou tendo que se unir para terminar o projeto em seu laboratório.

Mas o MAIROBOT, que levou cerca de três meses para ser construído, ainda está em seus primeiros dias. Durante a demonstração, a porta da sala de isolamento teve que ser deixada aberta para ele, e ela só pode transportar medicamentos para que os pacientes se autoadministrem enquanto uma enfermeira cuida da câmera.

“No momento, estamos trabalhando para atualizá-lo”, disse David Adeniyi, o professor que supervisiona a equipe de robótica, afirma que os alunos esperam tornar o MAIROBOT comercialmente disponível um dia.

Para Abbas, o uso do robô não vai parar no coronavírus. “Outras doenças infecciosas também podem ser controladas com o uso do MAIROBOT, como o Ebola, a febre de Lassa e todos esses vírus infecciosos”, disse ela.

Fonte: IstoÉ Dinheiro

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/02/15/profarma-specialty-busca-ampliacao-nas-regioes-norte-nordeste-e-sul/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.