Notícias do setor farmacêutico

Injeção anticoncepcional: conheça indicações

176

Com ação de longa duração, a injeção anticoncepcional é um método contraceptivo desenvolvido a partir da mistura de progesterona e

Com ação de longa duração, a injeção anticoncepcional é um método contraceptivo desenvolvido a partir da mistura de progesterona e estrogênios. Aplicada na região glútea, a duração pode variar de um a três meses, dependendo da composição.

Veja também: Injeção anticoncepcional: método que evita gestação por até 3 …

A versão mensal da injeção anticoncepcional possui prós e contras semelhantes ao da pílula. Já a versão trimestral interrompe a menstruação no início do tratamento e pode afetar a fertilidade até nove meses após a interrupção.

Siga nosso Instagram

Como usar a injeção anticoncepcional?

A aplicação da injeção anticoncepcional sempre deve ser feita por um profissional da saúde. O momento mais indicado para a primeira aplicação é logo no primeiro dia do período menstrual, podendo ser postergado, no máximo, até o oitavo dia.

A próxima aplicação deve acontecer 30 dias depois e pode atrasar em no máximo três dias.

Como funciona?

A ação da injeção anticoncepcional é semelhante à da pílula. Ambos os contraceptivos suspendem a ovulação, tornam o muco cervical mais espesso e também aumentam a espessura do endométrio.

Como esse é um método contraceptivo que aumenta a carga hormonal, o fluxo menstrual pode diminuir durante o seu uso.

Porque existem duas versões?

A diferença da injeção anticoncepcional de um mês para a de três meses está relacionada à composição. A de intervalo mais longo é indicada para as mulheres que não desejam usar ou tem alguma restrição ao estrogênio. A aplicação trimestral é composta apenas por progesterona.

Prós x contras

Dentre os efeitos adversos que podem ser causados pela injeção anticoncepcional estão:

  • Aumento de peso
  • Dores de cabeça
  • Tontura
  • Acnes
  • Menor densidade mineral óssea
  • Alterações de humor

Apesar dos efeitos colaterais, esse método contraceptivo também traz vantagens para a saúde:

  • Redução nas chances de câncer de endométrio
  • Alívio das cólicas
  • Alivio da dor pélvica crônica
  • Melhora quadros de anemia
  • Reduz dores ligadas a endometriose

Qual a eficácia?

As duas versões de injeção anticoncepcional apresentam elevados índices de eficácia. A versão mensal tem um percentual de falha de 0,1% a 0,6%, enquanto a trimestral fica na casa de 0,3%.

Mas lembre-se. Ambas as versões evitam apenas a gravidez. O único método contraceptivo que também protege contra doenças sexualmente transmissíveis é o preservativo.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.