Notícias do setor farmacêutico

Amazfit quer lançar produtos com monitor de pressão e glicose

811

A Huami, empresa responsável pelos relógios inteligentes e pulseiras da Amazfit e as Mi Band, está caminhando para entregar vestíveis capazes de monitorar a pressão e glicose de seus consumidores, além de efetuar eletrocardiograma (ECG) no pulso destas pessoas. A novidade faz parte da expansão da marca para mercados do ocidente, com o nome de Zepp Health.

Veja também: Veja como fazer uma faculdade de Farmácia a distância

A afirmação deste objetivo vem diretamente do diretor de operações da empresa, Mike Yeung. O COO disse em entrevista que a marca chinesa está em tratativas com a FDA, equivalente à Anvisa nos Estados Unidos, para ter aprovado seu algoritmo para monitorar a pressão, glicose e realizar ECG do usuário.

Siga nosso Instagram

A ideia da Huami é entregar dispositivos vestíveis que fazem tudo isso sem a necessidade de uma braçadeira específica. ‘Enquanto estamos obtendo nosso próprio algoritmo para ser certificado pelo FDA, já estamos em parceria com a marca Alivecor nos Estados Unidos,’ disse Yeung.

A Alivecor é uma empresa que tem gadgets feitos para detectar problemas como fibrilação atrial, já aprovados pela FDA e comercializados dentro dos Estados Unidos. A marca também foi a primeira empresa a criar uma pulseira para os Apple Watch Series 1, 2 e 3 realizarem um eletrocardiograma, antes mesmo da Apple inserir este recurso dentro de seu próprio smartwatch.

‘Todos ouviram sobre como o Apple Watch foi aprovado pelo DFA, mas para ser franco, quase 18 meses antes disso, nós conseguimos o certificado para a Health Band [da Amazfit] como um produto médico pela FDA da China, então podemos realizar um eletrocardiograma com precisão como um dispositivo médico,’ comentou o executivo.

O produto em questão é a Amazfit Health Band, lançada em 2017 para o mercado chinês e que oferece o equipamento necessário para o ECG em uma pulseira simples, com tela OLED de 0,42 polegada e visual que lembra uma Mi Band. O gadget também conta com certificação IP67 e os 95 mAh da bateria prometem autonomia para até sete dias seguidos.

Amazfit quer o Spotify para ajudar a difundir a marca

Já para a aferir a pressão sanguínea e a glicose, a Amazfit pretende utilizar um dispositivo que é inteligente o suficiente para nem mesmo precisar de calibração. Diferente dos componentes para o eletrocardiograma, estes novos sensores ainda estão em desenvolvimento.

Para atrair a atenção para sua marca no ocidente, além do tradicional preço baixo aplicado em diversos produtos já comercializados por aqui, como é o caso do Amazfit Neo e das Mi Bands, a Huami está trabalhando com parceiros para conteúdo em seus vestíveis, como o Spotify.

‘Estamos com parceiros para o ecossistema em alguns casos, como o Spotify. Tocar músicas e efetuar pagamentos, por exemplo, são coisas que estamos desenvolvendo com todos os parceiros locais,’ comentou Mike Yeung.

O executivo não apontou alguma data no calendário para a chegada destes dispositivos, mas muito certamente a marca escolhida para estampar os gadgets é a Amazfit, com controle pelo aplicativo Zepp que já é o responsável por sincronizar alguns vestíveis, como relógios inteligentes, pulseiras, fones de ouvido, balanças conectadas, tênis e até esteiras rolantes.

Fonte:  

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.