Notícias do setor farmacêutico

Amazonas é o estado que mais compra antidepressivos

178

O Amazonas é o estado que mais compra antidepressivos, segundo um levantamento do Conselho Federal de Farmácia (CFR). Um levantamento do Conselho Federal de Farmácia (CFF), por meio da Consultoria IQVIA, aponta um crescimento de 17% nas vendas de antidepressivos e estabilizadores de humor em 2020, quando comparado com 2019.

O Distrito Federal ocupa a 22ª posição no ranking das unidades da Federação (veja tabela abaixo), com aumento de 13% no comércio de estabilizadores de humor. Em se tratando de anticonvulsivantes e antiepiléticos, a capital cai para o 26º lugar, com crescimento de apenas 5%.

Além disso, os brasileiros nunca pesquisaram tanto na internet sobre ansiedade quanto em 2020.

Efeito pandemia

Os primeiros 365 dias de pandemia no Brasil foram marcados pelo medo, incertezas, mudanças de rotina, isolamento social, que segundo o conselho, foram alguns dos fatores determinantes para a deterioração da saúde mental dos Brasileiros e a busca por drogas que amenizem os sintomas depressivos.

O Amazonas lidera com incremento de 29%. Na sequência, estão Ceará (29%) e Maranhão (27%). Entre 2018/2019 as vendas de antidepressivos e estabilizadores de humor aumentaram 12%, e entre 2017/2018, 9%.

A curva não deixa dúvidas de que as vendas dispararam no país no último ano. Em 15 estados, o crescimento foi ainda maior, beirando os 30% em algumas unidades da Federação. No Ceará, havia uma tendência de queda até 2019, mas as vendas ganharam impulso no ano da pandemia. Enquanto entre 2018 e 2019 foi registrado um aumento de 7%, no período de 2019 a 2020 a variação foi de 29%, três vezes maior.

Fonte: Portal Amazonas1

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/04/12/hypera-pharma-deve-passar-ems-e-liderar-industria-farmaceutica/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação