Notícias do setor farmacêutico

ANS restringe uso de medicamento às indicações de bula

341

 

Segundo o Observatório da Judicialização da Saúde Suplementar da USP, a atualização do rol de procedimentos de cobertura obrigatória pelos planos de saúde pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A resolução pode gerar o aumento no número de pacientes cobrando na Justiça que seus tratamentos e medicações sejam atendidos.

Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, um dos motivos é a inclusão de medicamentos off-label (uso para outro fim que não o previsto na bula) entre práticas cuja assistência dos planos não é obrigatório.

 A ANS diz que as operadoras continuam obrigadas a cobrir todos os procedimentos estabelecidos. Sobre os off-label, afirma que a obrigatoriedade se restringe às indicações da bula registrada na Anvisa.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/04/11/seis-em-cada-dez-leitores-defendem-lockdown-nacional/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.