Notícias do setor farmacêutico

O que é Farmácia Veterinária e como atuar na área?

141

segmento pet cresce a cada dia no Brasil, com famílias dedicando uma fatia maior do seu orçamento aos cuidados com animais de estimação. Isso faz com que essa indústria movimente bilhões e que surjam novos ramos de atuação profissional. Esse é o caso da Farmácia Veterinária.

Se você gosta de animais e tem familiaridade com a área de saúde, essa pode ser uma grande oportunidade. Junto à demanda por produtos específicos, vem a necessidade de regulação das indústrias que os fabricam, como o mesmo grau de exigências que existem para aquelas que produzem medicamentos humanos. Isso abre um enorme espaço para a atuação do farmacêutico nesse nicho.

Para entender melhor quais são essas oportunidades e até o salário na Farmácia, preparamos este post que responde às principais perguntas sobre o tema. Vamos lá?

O que é a Farmácia Veterinária?

A Farmácia Veterinária é o ramo com foco na indústria e comércio de medicamentos específicos para animais. Recente no país, a atuação desse profissional envolve particularidades que impactam a fabricação, o desenvolvimento e a manipulação de produtos veterinários.

Como sabemos, a Farmácia é a profissão que atua na produção, desenvolvimento e análise da composição de medicamentos, cosméticos, produtos de higiene etc. Da mesma maneira que outras carreiras da área de saúde, o farmacêutico pode se especializar em áreas diferentes, como:

Foi apenas em 2005 que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) passou a autorizar a fabricação e manipulação de medicamentos específicos para animais. Além disso, em 2009, o Conselho Federal de Farmácia regulamentou a atuação do farmacêutico na indústria veterinária.

Esses dois marcos aqueceram o setor, que movimenta bilhões de reais por ano e está em pleno desenvolvimento. Se antes os medicamentos para animais eram vendidos em drogarias comuns, o número de farmácias veterinárias vem aumentando, atrelado ao crescimento do mercado pet.

Assim como acontece com as áreas tradicionais, todo local com essa finalidade precisa de um farmacêutico para atuar como responsável técnico, mesmo que o empreendimento tenha um médico veterinário à frente. Mas essa não é a única oportunidade que se abre para quem optar por se especializar nessa área, como veremos a seguir!

Quais são as atribuições do farmacêutico veterinário?

Agora que você já sabe o que é Farmácia Veterinária, vamos falar sobre o trabalho na área e suas particularidades. A atuação nos ambientes veterinários não é muito distante do papel desempenhado em hospitais e indústrias de medicamentos para humanos, e o grau de exigência é tão grande quanto.

Administrar remédios em animais é um desafio que a farmacologia veterinária tem ajudado a superar. Assim, a indústria envolve a manipulação de princípios ativos em petiscos, pastas com sabor para serem passadas na patinha e lambidas pelos bichinhos, géis transdérmicos de absorção cutânea, entre outros.

Apesar de bem parecidas, a farmacologia humana e veterinária têm outras diferenças, como o tempo de absorção dos medicamentos e questões de metabolismo e fisiologia que podem variar de uma espécie para outra.

Já as etapas de produção dos fármacos são bem parecidas — pesquisa e planejamento, testes clínicos, aprovação dos órgãos responsáveis e comercialização. As principais diferenças se encontram na fase de testagem. Em se tratando de animais, os testes clínicos correspondem aos pré-clínicos em humanos.

Onde atua e o que faz?

Mas, afinal, onde trabalhar com Farmácia Veterinária? Engana-se quem pensa que só há campo como responsável farmacêutico em estabelecimentos comerciais. O profissional pode atuar em:

  • hospitais veterinários;
  • farmácias magistrais veterinárias;
  • indústrias de medicamentos veterinários;
  • laboratórios de análises clínicas médico-veterinários.

Como você pode ver o campo é vasto e abarca diversas áreas. Veja algumas atribuições a seguir:

  • pesquisa e desenvolvimento de fármacos;
  • gestão e logística de medicamentos;
  • controle de qualidade dos processos de fabricação;
  • fiscalização;
  • qualificação de fornecedores e fabricantes;
  • análises laboratoriais e toxicológicas;
  • acompanhamento em auditoria sanitária;
  • análise de prescrições, avaliando a concentração, dose, via de administração;
  • atuação como responsável técnico em farmácias e laboratórios;
  • desenvolvimento de formulações.

Outro desdobramento que merece atenção é o da intoxicação em animais. Infelizmente, seja por falta de conhecimento da população sobre medicamentos ou até por má intenção de alguns, os casos são frequentes.

Essa questão deixa evidente a importância do farmacêutico veterinário, atuando em locais específicos, onde manipula medicamentos sob medida para cada espécie e orienta quanto a posologia e administração. Além disso, outros ramos também se especializam na área, como análise e perícia toxicológica.

Como atuar na área de Farmácia Veterinária?

curso de Farmácia é o primeiro passo para quem quer ingressar nessa carreira. Muito embora outros profissionais possam ter uma relação estreita com a Farmácia Veterinária, como médicos veterinários, químicos e bioquímicos, a área é de competência do farmacêutico graduado. 

Vale ressaltar que dúvidas entre os cursos de Farmácia e Bioquímica ou se é melhor optar por Farmácia ou Química são muito comuns. Porém, é a primeira graduação que vai formar e capacitar o profissional para essa atuação. A área exige conhecimentos em Farmácia Clínica, tecnologia farmacêutica e farmacocinética, análises clínicas e outras.

Assim, a atuação no nicho específico de Veterinária vai demandar outras especializações posteriores, mas a base de tudo é uma boa graduação. Daí a importância de escolher com cuidado e atenção uma faculdade de qualidade.

Nós da Unopar vamos além da formação técnica, nos preocupando também com o desenvolvimento humano do aluno. Assim, formamos profissionais com ampla visão da indústria farmacêutica e que reconhecem a importância da ética e responsabilidade no exercício dessa profissão. O curso de Farmácia é oferecido nas modalidades de ensino presencial e semipresencial, para que você estude como preferir.

Fonte: UNOPAR

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.