fbpx
O maior canal de informação do setor

8 dúvidas sobre a pílula do dia seguinte

163

8 dúvidas sobre a pílula do dia seguinteA pílula do dia seguinte é uma espécie de contracepção de emergência, jamais devendo ser utilizada como contracepção regular.

1 – Quando tomar?

Apesar de se chamar pílula do dia seguinte, o medicamento deve ser tomado em até 72 horas (três dias) ou até 120 horas (cinco dias) após a relação sexual, dependendo do tipo de pílula. No entanto, quanto mais cedo for ingerido, maior sua eficácia.

2 – Como funciona?

A pílula do dia seguinte funciona parando ou atrasando a liberação de um óvulo pelo ovário. Também pode impedir que o esperma alcance um óvulo que já foi liberado. Se o espermatozoide já fertilizou o óvulo, é tarde demais e a pílula não funcionará. É importante ressaltar que a pílula não protege contra doenças sexualmente transmissíveis.

3 – Quando posso tomar?

O uso da pílula do dia seguinte é indicado quando:

  • Há sexo sem proteção
  • A pessoa esquece de ingerir pílulas anticoncepcionais habituais
  • Houver vômitos, diarreia ou uso de antibióticos, que podem impedir a ação do anticoncepcional habitual
  • Rompimento do preservativo durante o ato sexual
  • Violência sexual

4 – Onde adquirir?

A contracepção de emergência pode ser obtida sem receita médica em qualquer farmácia ou em uma UBS.

5 – Quais os tipos de pílula do dia seguinte?

Existem dois tipos, a pílula composta por levonorgestrel ou a composta por acetato de ulipristal. Ambas atrasam ou inibem a ovulação. As pílulas contendo levonorgestrel podem ser usadas até três dias após a atividade sexual e as pílulas contendo acetato de ulipristal podem ser usadas até cinco dias após as relações sexuais desprotegidas.

6 – A pílula do dia seguinte é segura?

As pílulas são consideradas seguras sem complicações graves ou de longo prazo. Mas muitas mulheres notam problemas logo após tomar qualquer pílula, que incluem:

  • Náusea
  • Seios doloridos
  • Dor de cabeça
  • Dor abdominal
  • Tontura

7 – O uso da pílula pode desregular a menstruação?

Tomar uma pílula do dia seguinte pode atrapalhar o tempo do período menstrual

8 – Preciso de acompanhamento após tomar a pílula do dia seguinte?

Sempre é uma boa ideia marcar uma consulta com um profissional de saúde de confiança ou providenciar um teste de gravidez (para verificar se a pílula do dia seguinte foi eficaz) e um teste de triagem para DSTs

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação