O maior canal de informação do setor

Alcolumbre realiza reunião com Guedes e líderes para discutir pauta econômica

176

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ao lado do ministro Paulo Guedes (Economia), conduzindo reunião com líderes partidários

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), realizou na noite desta 3ª feira (18.fev.2020) reunião com o ministro Paulo Guedes (Economia) e líderes partidários para discutir a condução das reformas administrativa e tributária.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, também estiveram na reunião, realizada na residência oficial da Presidência do Senado.

Segundo Alcolumbre, a intenção da reunião é “estabelecer 1 ritmo transparente e produtivo às principais pautas econômicas em andamento no Congresso”.

“A retomada de empregos no País é prioridade neste ano. Só vamos conseguir avançar quando compreendermos a importância do trabalho em conjunto do Legislativo e do Executivo. É isso que busco todos os dias”, disse Davi Alcolumbre no Twitter.

© Reprodução/Twitter @davialcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e o ministro Paulo Guedes (Economia) ao se encontrarem para a reunião

Load Error

A equipe econômica do governo, liderada por Guedes, ainda não apresentou ao Congresso suas propostas para as reformas tributária e administrativa.

Atualmente, há duas propostas de reformas tributárias no Congresso, uma da Câmara e outra do Senado. Em 6 de fevereiro, Alcolumbre anunciou a criação de uma comissão mista especial que deve produzir 1 texto único para a reforma. O colegiado será formado por 20 deputados e 20 senadores.

Em 12 de fevereiro, Guedes afirmou que entregaria a proposta para mudanças tributárias em até duas semanas. A ideia do governo é criar 1 IVA (Imposto sobre Valor Agregado) dual (cobrado pelo governo federal e pelos Estados), que une o PIS e o Cofins em uma única alíquota.

Em relação à reforma administrativa, nessa 2ª feira (17.fev.2020), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a equipe está na “iminência” de enviar a proposta ao Congresso, embora “sempre” haja “1 pequeno acerto a mais para fazer”.

Segundo Guedes, o texto estaria pronto desde novembro do ano passado, no entanto, a apresentação foi adiada para evitar uma onda de protestos no país como houve em alguns países da América Latina, como no Chile.

Segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o governo sinalizou que deve apresentar a proposta para a reforma administra nesta 5ª feira (20.fev.2020).

Eis a publicação de Davi Alcolumbre no Twitter para anunciar a reunião:

© Fornecido por Poder360

Fonte: MSN

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação