fbpx
O maior canal de informação do setor

Anvisa manda apreender autoteste de Covid falsificado e faz alerta contra venda irregular na internet

122

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta sexta-feira (4) a apreensão e proibição da fabricação de um autoteste de Covid-19 falsificado e fez alertas contra o comércio irregular em sites e “grupos de mensagens”.

Veja também: Redes tradicionais devem suprir saída de supermercados do canal farma

De acordo com a agência, foi identificada a falsificação do Novel Coronavírus (Covid-19) Autoteste Antígeno, que é um artigo regularizado e reconhecido pela agência, mas foi alvo de falsificação.

Siga nosso Instagram

“O produto falsificado não traz nenhuma garantia de funcionamento ou de segurança para o consumidor”, alerta a Anvisa.

De acordo com a agência, os seguintes pontos revelam a falsificação do produto:

“Presença de guia ilustrado explicando como realizar a execução do teste no verso da embalagem. O produto original não possui guia ilustrado.”

“Número de registro diferente do aprovado, o número do registro do produto original registrado na Anvisa é 80859840213.”

“Tampa de rosca sem orifício para gotejamento, o original possui uma tampa com orifício para gotejamento.”

“Swab cotonete maior do que 9 cm, o swab cotonete do produto original possui 9 cm.”

Cuidado com compras pela internet

Anvisa utilizou o anúncio da falsificação para alertar contra os riscos de compras em sites não recomendados.

“É importante ter cuidado com o comércio virtual. Apenas sítios de comércio eletrônico que pertencem a farmácias e estabelecimentos de saúde autorizados e licenciados pelos órgãos de vigilância sanitária podem vender esses produtos”, afirmou a Anvisa.

“É importante ter cuidado com o comércio virtual. Apenas sítios de comércio eletrônico que pertencem a farmácias e estabelecimentos de saúde autorizados e licenciados pelos órgãos de vigilância sanitária podem vender esses produtos”, afirmou a Anvisa.

Como checar se o autoteste é registrado e é legal?

Segundo a agência, é possível checar se o autoteste tem registro com uma consulte na lista de produtos aprovados (clique aqui). Outra possibilidade é veriticar informações do rótulo, como nome ou número de registro, no link: https://consultas.anvisa.gov.br/#/saude/

Fonte: G1.Globo

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação