O maior canal de informação do setor

Apsen quer dobrar receita com investimento de R$ 200 mi

469
Apsen quer dobrar receita com investimento de R$ 200 mi
Divulgação Apsen

A Apsen, indústria farmacêutica 100% brasileira, anunciou investimentos de R$ 200 milhões até 2025, com a meta de dobrar o faturamento e chegar a uma produção anual de 90 milhões de unidades. As informações são do Valor Econômico.

De acordo com o diretor técnico Kleber Vargas Nunes, a companhia deve fechar 2020 com R$ 1 bilhão de faturamento, uma evolução de cerca de 20% em relação a 2019. O projeto é atingir receita de R$ 2 bilhões.

A farmacêutica projeta lançar 110 medicamentos nos próximos cinco anos, dos quais 75% serão desenvolvidos pela empresa. “Em 2015, quando formulamos o planejamento estratégico para chegarmos a R$ 1 bilhão de receita, tínhamos um portfólio com 35 produtos. Hoje, temos 50, sendo que 42% de nossa receita vem de novos medicamentos”, destacou o executivo.

Medicamentos inovadores

A farmacêutica investe anualmente 10% do faturamento em inovação, seja ela incremental ou novos medicamentos. Como parte dessa premissa, a Apsen está trazendo ao mercado brasileiro o primeiro medicamento psicobiótico do país. Trata-se de um probiótico que auxilia no combate a problemas como ansiedade e estresse, além de transtornos psiquiátricos.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação