fbpx
O maior canal de informação do setor

Ativos buprenorfina e lurasidona são atualizados na lista de controlados Anvisa

Anvisa atualiza lista de substâncias controladas.

Norma da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada nesta quinta-feira (17/8), alterou o tipo de receita médica exigida para a compra de dois medicamentos (ou fármacos para a fabricação destes) de uso controlado, a buprenorfina (na forma de adesivo) e a lurasidona.

Buprenorfina

Dentro de 30 dias, a compra dos medicamentos contendo a substância buprenorfina na forma de adesivos com matriz transdérmica será feita por meio de receita de controle especial em duas vias, não mais com a receita amarela (ou notificação A), que só pode ser impressa por autoridades sanitárias.

A decisão da Agência se deve em razão das características e das tecnologias farmacêuticas do produto. Também foram considerados dados de monitoramento da segurança de uso desse tipo de medicamento no Brasil.

As vendas de medicamentos contendo buprenorfina na forma de adesivos continuarão a ser registradas no sistema eletrônico de controle de medicamentos da Anvisa, Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC), o que permitirá o acompanhamento dessa nova medida.

Sobre a buprenorfina

A buprenorfina (cloridrato de buprenorfina) é um medicamento analgésico (para aliviar a dor) utilizado no tratamento da dor, de moderada a intensa, após infarto, cirurgias* ou aquelas causadas em pacientes com doenças graves ou terminais.

* Porém não é ideal para analgesia no período pós-operatório imediato.

Pertencendo ao grupo dos analgésicos opioides, esse medicamento está contraindicado em pacientes com insuficiência respiratória ou hepática graves. Ele não deve ser utilizado no tratamento de dependência de narcóticos. É, ainda, contraindicado para pacientes dependentes de outros opioides como morfina, oxicodona, petidina, metadona e fentanil.

Lurasidona

A mesma norma, Resolução RDC n° 169/2017, incluiu a substância lurasidona na lista de substâncias sujeitas a controle especial.

Essa classificação ocorre devido à fase final do processo de registro de medicamento novo à base desta substância.

Sobre a lurasidona

Após a avaliação do registro, o medicamento, que será indicado para o tratamento da esquizofrenia [LER: Maconha precipita a esquizofrenia e outros distúrbios psicóticos] e da fase depressiva do transtorno bipolar, só poderá ser dispensado mediante apresentação da receita de controle especial em duas vias.

Modo de ação

A lurasidona é um medicamento antipsicótico que, no cérebro, liga-se e

afeta vários tipos de receptores dos neurotransmissores (substâncias químicas que permitem às células nervosas comunicarem entre si) na superfície das células nervosas.

O modo de funcionamento da lurasidona consiste essencialmente em bloquear os receptores dos neurotransmissores…

Modo de ação (para médicos e farmacêuticos)

… Dopamina, 5-hidroxitriptamina (também conhecida por serotonina) e

noradrenalina. Uma vez que a dopamina, a 5-hidroxitriptamina e a noradrenalina.

Resolução RDC n° 169/2017

A Resolução RDC n° 169/2017 é uma atualização da Portaria SVS/MS n° 344/1998, que dispõe sobre as medidas de controle para substâncias entorpecentes, precursoras, psicotrópicas e outras sob controle especial.

São consideradas substâncias sujeitas a controle especial no Brasil aquelas elencadas nas listas do Anexo I da referida Portaria. As atualizações das listas estão disponíveis no seguinte endereço: http://portal.anvisa.gov.br/lista-de-substancias-sujeitas-a-controle-especial.

Fonte: Saúde com Ciência – SP

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra