fbpx
O maior canal de informação do setor

Brasil não sustenta queda na transmissão

Depois de ter desacelerado pela primeira vez desde abril, a velocidade de contágio do coronavírus voltou a crescer no Brasil. Os dados, divulgados ontem pelo jornal Folha de S.Paulo, são do Imperial College, referência em acompanhamento de epidemias.

De acordo coma publicação, a taxa de transmissão brasileira para a semana que começou no domingo, dia 23, é 1, ou seja, cada infectado transmite a doença para uma pessoa, mantendo constante o contágio, apontou o cálculo da universidade britânica. Na semana anterior, o índice estava abaixo deste patamar, o que indicava desaceleração da transmissão.

O Peru é o único país sul-americano a ter sua taxa de transmissão abaixo de 1 pelo Imperial College. O país registrou 0,98, o que indica que cada cem infectados contagiam outros 98, que por sua vez passam o vírus para 96, depois 94, reduzindo o alcance do patógeno.

A taxa é calculada pelo Imperial College com base no número de mortes reportadas, e não de casos registrados.

A defasagem entre o momento de contágio e o óbito faz com que mudanças nas políticas de combate à covid-19 levem cerca de duas semanas para se refletirem nos cálculos.

Fonte: Jornal Zero Hora – RS

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/08/20/brasil-mostra-desaceleracao-na-taxa-de-transmissao-da-covid-19-pela-primeira-vez-desde-abril-aponta-imperial-college/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra